Assim como Natal, Nova Iorque já foi Nova Amsterdã

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


A Invasão Holandesa no Brasil deixou alguns rastros no Rio Grande do Norte. Exemplo disso que Natal se transformou por um bom tempo a Nova Amsterdã. Mas, você sabia que Nova Iorque também foi chamada assim? Temos em comum com a maior metrópole do mundo.

Quando pensamos em invasão holandesa, pensamos nos Mártires. Mas, a história é um pouco mais complexa.

Com uma ideia parecida com Alexandre da Macedônia, os holandeses resolveram colonizar os povos do então Novo Mundo. Por isso, todo território que invadia eles colocavam o nome de Nova Amsterdã, referenciando à capital dos Países Baixos.

Nova Amsterdã de Nova Iorque

Os holandeses se instalaram na ilha de Manhattan em 1625 e lá tornou-se a maior comunidade holandesa, onde durou

A cidade foi fundada em 1625 pela Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais, na ilha de Manhattan, um local estrategicamente posicionado, com o objetivo de defender o acesso fluvial para o comércio de peles no vale do Rio Hudson. Isso aconteceu oito anos antes do surgimento da versão potiguar.

Foi o maior assentamento neerlandês na América do Norte, a capital dos Novos Países Baixos, permanecendo sob controle neerlandês até 1664, quando foi capturada pelos britânicos. Embora os neerlandeses tenham reassumido o controle de Nova Amsterdã em 1673, os britânicos recuperaram o assentamento no ano seguinte, pelos termos do Tratado de Westminster, renomeando para Nova Iorque.

Enquanto em Natal eles ficaram de 1633 a 1654. Ou seja, 21 anos. Já a Nova Amsterdã Nova Iorquina durou mais tempo, quase 50 anos.