60 dias de Covid-19: Aumento de 1000 vezes de casos no RN

Compartilhe:

A noite do dia 15 de março, após voltar da casa do Burburinho Festival de Artes, foi a vez que nunca mais tive vida social, por conta da Covid-19. Além disso, nesses dois meses de isolamento social, o aumento da doença no Rio Grande do Norte está crescendo e não é só os telefonemas de amigos, conhecidos ou familiares que comprovam o crescimento de pessoas infectadas, como também o número de dados. Foi o aumento de mais de 1000 vezes.

De antemão, vou apresentar os dados do LAIS, sigla para Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde, órgão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com a finalidade de monitorar os casos durante 24 horas por dia.

Dá uma tristeza só de lembrar que no dia 12 de março aconteceu a primeira confirmação no estado e ainda assim, 60 dias depois, a curva de contaminação não para de subir.

De 26 de fevereiro a 12 de maio, saímos de 2 casos para 2524 casos, crescemos 1000 vezes e se refere à uma porcentagem de 100 mil por cento.

Até o dia 12 de maio, ou seja, há exato dois meses após a confirmação do primeiro caso, o número de doentes com o novo Coronavírus é de 1178 casos.

Esse número pode parecer besta para você, afinal não representa 1 por cento da população potiguar, todavia houve um acréscimo de 1000% dos casos, infectando mais pessoas em contraste com outras doenças endêmicas comuns na região, como a dengue, por exemplo, e apresentarei os dados a seguir.

Março tinha apenas 442 casos confirmados

A primeira confirmação só aconteceu em 12 de março, devido ao fato do exame demorar mais de 1 semana para ficar pronto e era feito em um laboratório do Pará, a divulgação aconteceu no dia 12 de março. Todavia, os dois primeiros pacientes foram registrados no dia 26 de fevereiro.  Cinco dias depois, no dia primeiro de março, o resultado chegou a 12 confirmados.

Ou seja, já havia gente infectada antes dos primeiro caso ser oficializado para imprensa. 

No final do mês, finalmente o Laboratório Central de Saúde Pública junto com a UFRN começou a fazer os próprios exames.

A medida que foram realizados os exames, mais casos começaram a crescer, principalmente no final do mês. Ao todo foram examinados 680 pessoas.

Veja a tabela dos casos de março a seguir:

Evolução dos casos de Março de 2020
De 26/02/ a 29/02 7 casos confirmados
Casos Confirmados de 26/02 a 01/03
26 de fevereiro a 1º de março12
Casos somente em março de 2020
 DataTotal
1º de março a 31 de março442
De 26 de fevereiro a 31 de março
Total449

De 1º a 31 de março foram 442 infectados.

Em abril confirma o aumento de infectados em quatro vezes

Mesmo que apenas a metade do Rio Grande do Norte estivesse em quarentena, os números de confirmados não paravam de crescer. No quarto mês do ano, o número de exames realizados pela Saúde Pública saltou de 680 para 3180. Ou seja, quintuplicou a quantidade de pessoas que apresentavam alguma infecção respiratória ou não.

Já o números confirmados de Covid-19 praticamente quadruplicou, uma vez que março para abril cresceu de 442 para 1624.

Os dados apresentados pelo Lais mostram que a princípio o crescimento de casos confirmados é diretamente proporcional ao número de suspeitos.

Traduzindo, quanto mais suspeitos, mais chances de encontrar infectados pelo Corona.

Abril de 2020

DataCasos Confirmados somente em abrilCasos confirmados desde 26 de fevereiro
1º a 30 de abril16422091

Para continuar lendo a reportagem, clique na segunda página que está no final da página (após o Leia Mais)