Coronavírus chegou: 1º caso confirmado em Natal

Compartilhe:

A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmam, na noite desta quinta-feira (12), o primeiro caso importado do novo Coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.  Sim, o Coronavírus está em Natal.

Trata-se de paciente com histórico de viagem à Europa (França, Itália e Áustria), de 24 anos do sexo feminino. A referida paciente passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas em Natal, onde reside. As análises laboratoriais foram realizadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do covid-19.

De acordo com a nota da Sesap, “Importante destacar que a paciente foi contaminada na Europa, ou seja, ainda não temos transmissão local no RN – quando ocorre de pessoa a pessoa”.

Confira a nota completa na íntegra:

A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmam, na noite desta quinta-feira (12/03), o primeiro caso importado do novo Coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.

Trata-se de paciente com histórico de viagem à Europa (França, Itália e Áustria), de 24 anos do sexo feminino. A referida paciente passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas em Natal, onde reside. As análises laboratoriais foram realizadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do covid-19.

Importante destacar que a paciente foi contaminada na Europa, ou seja, ainda não temos transmissão local no RN – quando ocorre de pessoa a pessoa. A paciente começou a manifestar os sintomas da doença, ao retornar ao Estado procurou assistência médica.

Desde a notificação, todas as medidas de controle e prevenção da doença vêm sendo tomadas pelas Secretarias de Estado e Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

As Secretarias reforçam a necessidade da população manter as medidas de higiene que protegem não só para o covid-19, mas para diversos vírus de transmissão respiratória que circulam em nosso território, como sarampo e a influenza. Os potiguares também devem ficar atentos às informações oficiais, evitando propagar fake News.
Por fim, A Sesap-RN e a SMS Natal reafirmam que este não é um momento para pânico. O Estado vem intensificando a articulação com os municípios para operacionalizar o plano de contingências que prevê a ampliação das ações assistenciais, de vigilância e de educação em saúde. Trabalhando arduamente para atender os casos suspeitos por covid-19 independente de confirmação, buscando, assim, evitar novos adoecimentos.

Natal, 12 de março de 2020.

Cipriano Maia de Vaconcelos
Secretário de Estado da Saúde Pública do RN

George Antunes de Oliveira

Secretário Municipal de Saúde do Natal

Governo do Estado já estava discutindo planos de prevenção para Coronavírus em Natal

A governadora Fátima Bezerra estava convocando uma reunião para a próxima segunda-feira (16), às 15h, na Escola de Governo, para discutir ações de prevenção e combate à propagação do coronavírus no Rio Grande do Norte. Os dirigentes do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas já confirmaram presença no evento.

Participarão da reunião equipes da Secretaria Estadual de Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Não se sabe se a reunião será adiantada.

Nesta quinta-feira (12), a chefe do Executivo estadual se reuniu com os secretários Raimundo Alves (Casa Civil) e Cipriano Maia (Saúde), e com a coordenadora de Promoção à Saúde Neuma Oliveira, a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica Alessandra Lucchesi e o diretor do Hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, para debater os encaminhamentos sobre as ações do plano de contingência para o coronavírus (Covid-19).

O corpo técnico relatou as medidas tomadas até o momento, desde a elaboração do plano, passando pela articulação com os municípios e as ações necessárias para a eventual aquisição de material hospitalar. A governadora solicitou ao titular da Secretaria de Saúde Pública que seja elaborado diariamente um relatório para que ela possa acompanhar, pessoalmente, as medidas em ação.

No fim da tarde, o secretário Cipriano Maia conduziu uma reunião com alguns secretários e representantes de órgãos que lidam diretamente com o público externo. Eles discutiram quais serão as ações do governo para enfrentamento e controle da epidemia. Dentre as medidas que deverão ser formalizadas através de um decreto e implantadas em âmbito estadual, foram sugeridas a adoção de trabalho via home office em casos específicos (suspeitos ou quem viajou ao exterior); ações educativas nas escolas a fim de que os estudantes possam replicar as orientações de proteção em casa; isolamento doméstico para casos de suspeitos e/ou quem esteve no exterior entre outras.

Participaram da reunião os secretários de Estado Francisco Canindé de Araújo (Segurança e Defesa Social/Sesed), Íris Oliveira (Trabalho, Habitação e Assistência Social/Sethas), Eveline Guerra (Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos/Semjidh), Ana Maria da Costa (Turismo/Setur), a adjunta da Comunicação (Assecom) Márcia Elisa e o adjunto da Administração/Sead George Câmara.

Também estavam presentes a Delegada Geral da Polícia Civil Ana Cláudia Saraiva, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar Luiz Monteiro Filho, as servidoras Socorro Batista (Educação e Cultura/SEEC), Neuma Oliveira e Sueli Pereira (Saúde/Sesap) e os policiais militares Demócrito Assis Filho e Edwin de Brito.

O Governo já está seguindo o protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde no que diz respeito à prevenção ao coronavírus. Dentre os procedimentos estão o Plano de Contingência Estadual para Infecção pelo Novo Coronavírus, protocolo clínico e de tratamento, os quais fundamentam as ações do Estado.