Como monitorar os casos da Covid-19 em Natal

Compartilhe:

Além do boletim médico da Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap), quais são outras formas de monitorar os casos da Covid-19 em Natal? Uma forma da gente ver o crescimento da doença na capital potiguar é através da ferramenta chamada “Coronavírus RN”, desenvolvida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN). O site aprewsenta gráficos sobre pacientes infectados, casos suspeitos, descartados e número de mortes.

Assim, você vai evitar de acessar blogs ou sites que apresentam Fake News (leia nosso manual por aqui) ou fugir daqueles parentes que adoram espalhar mentiras no Whatsapp.

As fontes dessa pesquisa são os dados disponibilizados pela Sesap e Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), responsável pelos exames da doença. Além disso, o grupo montou ainda uma sala de situação localizada no laboratório que faz a análise dos dados e alimenta a plataforma com informações.

Mapa com o monitoramente de todos os infectados com Coronavírus
Essas são as cidades do Rio Grande do Norte que são mais atingidas pela Covid-19

Dentre as principais funções do dispositivo de monitoramento, chama a atenção a função “Mapas”. Nela, o usuário pode acompanhar a porcentagem do número de casos confirmados por bairro de Natal. Há ainda a opção número de casos suspeitos e casos confirmados no RN. A função apresenta ainda o número atualizado de casos suspeitos, prováveis, descartados e confirmados da doença. Por exemplo, os casos mais atingidos em Natal, segundo o portal, estão nos bairros de Tirol e Petrópolis, apesar de ter confirmados pacientes em Capim Macio, Salinas, Pajuçara e Potengi.

Além disso, você pode comparar a evolução da Covid 19 no Rio Grande do Norte com os outros estados do Nordeste, além das projeções para a doença no Brasil nos próximos meses.

Para acessar o site é só clicar neste link.