O que foi a boate Royal Salute em Natal ?

Compartilhe:

O Royal Salute é uma marca de uísque escocês produzida pela Chivas Brothers, fundada em 1801 em Aberdeen, na Escócia. A bebida é considerada uma das mais refinadas pelo fato dela ser envelhecida aos 21 anos e a sua garrafa é produzida por uma porcelana inglesa. Facilmente custa três dígitos. O nome é uma homenagem a coração da rainha Elizabeth.  Em homenagem à esse produto, a boate Royal Salute em Natal na década de 80 abriu com esse nome e ficava no térreo do Hotel Reis Magos, na praia do Meio, que foi demolida neste ano.

 A gente já falou um pouco desta boate no texto, mas achamos mais material sobre o assunto.

A boate foi fundada pelos irmãos Galindo, hoje fundadores da churrascaria Fogo e Chama, concorrente direta do Sal e Brasa na capital potiguar. Seus nomes eram Paulo e Bosco, nas fotos que achamos da Royal eram rodeados por colunistas sociais, pessoas consideradas e bonitas, além de vestir sempre na grife. Como nesta imagem a seguir:

Os irmãos Pauloe Bosco Galindo (Fotos de arquivo)

O objetivo era tocar o melhor das boates do Brasil e da Europa, um dos DJs mais famosos era o Solon Silvestre, que hoje é apresentador de televisão e conhecido pelos programas de vendas de imóveis e carros nos canais potiguares.

Entrada do Royal Salute. Preste atenção nos trajes em Black Tie (Fotos: Arquivo)

Pernambucano, Paulo Galindo chegou a Natal nos anos 80, iniciando na capital potiguar uma carreira voltada para a implantação de estabelecimentos focados nas áreas de lazer, gastronomia e eventos, sempre junto com o irmão e parceiro, Bosco Galindo. Pela mãos de ambos passaram o “Reizinho Praia Chopp”, que funcionava na frente do Hotel Reis Magos, o “Chaplin”, na Praia dos Artistas e o “Portal das Dunas”, na Praia de Santa Rita.

O público comum era a elite natalense, que incluia empresários, herdeiros, políticos e colunistas sociais. Aqui tem um vídeo com fotos de como era a boate potiguar. Veja a seguir: