Esta é a Catedral de Natal em obras

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Hoje é primeiramente dia de Nossa Senhora da Apresentação, a padroeira de Natal e logo resolvemos postar logo nas primeiras horas da manhã para mostrar essa curiosidade de um dos pontos mais importante da festa: A Catedral de Natal. A fotografia acima do título mostra a nova Igreja Matriz ainda em obras, com o altar já levantado e tem a presença de Marconi Grevi quem projetou o templo (com a prancheta na mão) e Dom Nivaldo Monte observando todos os detalhes.

A intenção de Grevi era fazer “um conjunto de linhas que elevam o homem a Deus”. Na obra, destaca-se os grandes vãos livres e uso de balanços, além do monumento escultórico, que se encontra em frente à edificação. É a obra mais importante do arquiteto em Natal.

Além de arquiteto, Marconi Grevi também é escultor, pintor e tapeceiro, sem contar que foi professor de Edificações do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), na época ETFRN.

A foto encontrei, portanto, do grupo de Fatos e Fotos de Natal.

Sobre a Catedral de Natal

A igreja demorou anos para ser construída, porém foi inaugurada no dia 21 de novembro de 1988. Fica entre o centro e os bairros de Petrópolis e Cidade Alta.  A antiga ainda permanece e fica no Centro Histórico e já falamos dela no Brechando. Devido ao crescimento da população, e consequentemente de fieis, a Arquidiocese então resolveu construir uma nova igreja matriz.

Então, eles resolveram implantar uma nova igreja na então Praça Pio X, próxima ao Cinema Rio Grande, que era esta aqui:

Foto da praça na década de 50
Foto da praça na década de 50

Antigamente, o local onde era a praça era um matagal. Então, o padre João Maria encontrou este terreno, no qual os fiéis caminhavam por ele. Foi ele que começou a ideia de construir um novo templo neste terreno, porém ele faleceu em 1905.

Depois, a Prefeitura tomou o terreno e construiu no local a Praça Pio X. De qualquer jeito, a praça era pertencente à Catedral. Por isso teve o nome de Pio X. O local não tinha árvores, mas um restaurante, onde os jovens natalenses a frequentavam bastante. Além disso, havia os vendedores de pipocas, amendoins e sorvetes que ficavam lá para conseguir atrair os clientes do cinema.

Plano inicial era ser barroco

Depois de levantadas algumas paredes, a Arquidiocese chegou à conclusão de que seria um prédio de elevado custo, pela imitação de templos europeus, dando preferência a uma planta mais moderna e mais econômica.

Com a transferência de Dom Eugênio para Salvador e com a nomeação de Dom Antônio Soares Costa para Bispo Auxiliar de Natal, este passa a coordenar a Comissão responsável pela construção da nova Catedral. A construção começou em 21 de junho de 1973. Foram 18 anos de intensas campanhas, a fim de conseguir recursos para construir o novo templo, cuja inauguração aconteceu em 21 de novembro de 1988, pelo então Arcebispo, Dom Alair Vilar Fernandes de Melo.

No subsolo do prédio, encontra-se o Centro Pastoral Pio X, onde funciona o Gabinete do Arcebispo, a Cúria Metropolitana, a Paróquia da Catedral, além da coordenação de diversas pastorais. A ocasião de sua terceira visita ao Brasil, a catedral recebeu o Papa João Paulo II em 13 de outubro de 1991