Zila Mamede será homenageada em espetáculo

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Zila Mamede foi bibliotecária da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e também uma importante poeta. Nas suas estrofes e versos citavam conflitos, dúvidas e solidão. Por isso, este sábado (27), haverá um espetáculo sob o título de “Zila – Poesia que Pulsa”, que o público poderá assistir gratuitamente neste sábado, 27 de fevereiro, a partir das 20h pelo canal da Idearte Produções no Youtube.

Pelo bom trabalho na UFRN, a principal biblioteca da universidade recebe o nome de Zila Mamede.

O texto é do diretor do Idearte, o Amaury Júnior. Como resultado, ele convocou a atriz experiente Eliene Albuquerque para interpretar a Zila. Além disso, ela mergulhou de cabeça no universo de Zila Mamede, para compor do seu modo, sendo máximo possível fiel à poetisa.

Zila
Cartaz do espetáculo

O Cleonor Júnior, por sua vez, assinou a direção artística, cenografia, visagismo, iluminação e assim como a sonoplastia.

Por que falar de Zila Mamede?

A ideia de pesquisar a vida e obra de Zila Mamede nasceu da importância de se propagar ainda mais o legado literário da escritora para os jovens do Rio Grande do Norte e do Brasil. Zila da Costa Mamede foi uma importante poetisa e bibliotecária brasileira. Este projeto conta, portanto, com recursos da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, via Prefeitura do Natal e Governo Federal.

Afinal, quem foi Zila Mamede?

Nasceu na Paraíba, porém viveu boa parte de sua vida no Rio Grande do Norte. Sua formação em biblioteconomia, ajudou a conquistar cargos no Instituto Nacional do Livro (em Brasília) e como diretora da Biblioteca Central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seus principais livros: Rosa de Pedra (1953), Salinas (1958), O Arado (1959), Exercício da Palavra (1975), A Herança (1984) e Navegos (Poesia reunida 1953-1978). Poeta sutil, elegante, de um lirismo contido e introvertido, de solidão e paixão mas também, não raras vezes, com um fundo social relativo às temáticas do sertão nordestino. Drummond tinha-a entre suas predileções.

Serviço:

Espetáculo “Zila – Poesia que Pulsa”
27 de fevereiro de 2021, sábado, 20h
Classificação livre
Transmissão gratuita pelo Youtube @IdearteProducoes