Março é mês do Maré Foto Festival em Natal

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Para quem gosta de fotografia e quer dar um upgrade na sua carreira, uma das sugestões é participar do Maré Foto Festival. Esta é a sua primeira edição e vai acontecer inicialmente entre 19 e 23 de março. Além disso, abriram as inscrições para realizar diversas atividades, como leituras de portfólio, maratona de edição, exposições e até mesmo oficinas.

Vale ressaltar que todas as atividades serão virtuais, uma vez que estamos na pandemia do novo coronavírus.

Oficina de edição com o coletivo Lombada

O coletivo Lombada, de SP, também está participando do festival. Como assim? Eles vão fazer primeiramente uma oficina de edição e as inscrições acontecem até segunda (01). Ainda mais, vale destacar que para se inscrever não precisa necessariamente de projetos finalizados. Por isso, os projetos ainda em execução estão habilitados.

Como resultado, durante a maratona o grupo também discutirá a produção de fotolivros. O fotógrafo e jornalista Everson de Andrade integrou numa maratona de edição online com o grupo em 2020, no qual destacou a importância. “Foi muito importante para o meu projeto e para o futuro que quero dar a ele. O grupo me apresentou caminhos e diversas referências”, comentou.

A foto acima do título é de Everson, no qual registrou a pesca na cidade de Pedra Preta.

Objetivo do festival é buscar a troca de saberes da fotografia, assim como em criar novas possibilidades de linguagem e criar um acesso mais democrático às imagens, visto que ainda são poucas pessoas tendo acesso com esta arte.

Você ainda pode expor seus trabalhos

Outra convocatória em aberto é a de exposições. Serão 3 exposições diferentes com curadorias de Mateus Sá, Sofia Bauchwitz e também equipe do Margem Hub de Fotografia, João Oliveira e Paula Lima. O período de inscrição segue até o dia 10 de março e também pode ser realizada pelo site.

O festival também trará a leitura de portfólio com alguns dos principais curadores do país: Rosely Nakagawa e Eder Chiodetto. Para ter a oportunidade de participar desta atividade também será necessário a inscrição no site do festival.

Ainda dentro da programação do Maré Foto Festival terá a oficina “Quem quer ser latino-ameciranx?” com Maíra Gamarra e “Fotografia e Transformação Social” com Milton Guaran. As vagas, todavia, têm limites de participantes, visto que é importante que os interessados corram para participarem.

Terá mesa redonda virtual

As mesas de debates também farão parte do festival e a divulgação de datas acontecerá no perfil do instagram @marefotofestival. Além disso, para mais informações os interessados também podem acessar o site marefotofestival.com para mais informações.

O Maré Foto Festival conta, portanto, com recursos da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Serviço

O que? Maré Foto Festival

Quando? 19 a 23 de março

Onde? Sediado no RN, mas realizado em plataformas online.