Em 1946, o ator Tyrone Power esteve em Natal

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Na década de 30 e 40, um dos atores mais famosos de Hollywood era Tyrone Power. Na época era tão galã quanto o Brad Pitt e após o fim da Segunda Guerra Mundial, o astro pisou nas terras natalenses, mais precisamente no ano de 1946. Mas, a visita à Natal tem motivo e vamos explicar o porquê.

Tyrone participou da Segunda Guerra Mundial

Os anos 40 para Tyrone foram bem intensos, visto que fez sucesso com o filme “A Marca do Zorro” e a atuação contou com elogios dos críticos. Logo após, Tyrone Power dedicou um tempo ao rádio e ao teatro. Ele atuou com sua esposa, Annabella, em diversos programas de rádio. Trabalhou também ao lado de Humphrey Bogart, Jeanne Crain, Loretta Young, Alice Faye e Al Jolson.

A carreira de Tyrone Power foi interrompida em 1943, para o serviço militar na Segunda Guerra. Ele entrou na Marinha e ficou quase dois anos fora das telonas. Neste interím fez apenas um filme patriótico chamado “Mergulho no Inferno”, no qual incentivara muitos americanos a se alistar nos anos finais da guerra.

Apesar de a guerra ter terminado em 1945, as forças americanas ficaram por um tempo ainda.

Tyrone veio à Natal dois anos após o fim da gurra

Na foto acima, Tyrone (de camisa listrada e o mais alto) era bastante requisitado por jornalistas, fãs e membros das Forças Armadas. A notícia foi divulgada no jornal “A Ordem”, onde uma equipe do ator divulgou um telegrama para falar de sua visita em setembro de 1947.

A foto acima do título mostra Tyrone assim que chegou na capital potiguar, o rapaz de terno do lado era o jornalista Luiz Maria Alves, futuro diretor do Diário de Natal. A autoria da imagem é de João Alves.

Além de Natal, o ator também foi à África e a Europa.

A sua ida à Natal acabou com o casamento

Como falado anteriormente, Tyrone Power era casado com a atriz Annabella, no qual participaram de diversos trabalhos. O casal estava junto desde 39 e os dois sofreram com diversos boicotes para poderem ficar juntos, uma vez que os produtores não aceitavam bem um romance entre um americano e uma francesa.

Entretanto, os casos extraconjugais e a ida à Marinha foi crucial para que o casal entrasse numa grave crise no relacionamento.

O casal tentou recuperar seu casamento quando Power retornou do serviço militar, mas não conseguiu. Annabella declarou que ele voltara mudado da Guerra. Eles se separaram legalmente em 1946, e depois se divorciaram, cuja oficialização se deu em 1948. Apesar do divórcio, ficaram amigos íntimos até a morte dele.

Tyrone Power morreu na década seguinte

Após o fim do casamento com Annabella, ele teve vários relacionamentos amorosos, embora tenha casado mais duas vezes. Linda Christian, com quem teve duas filhas. Mas, se divorciaram em 1955. Dois anos depois, ele casou com Deborah Montgomery, com que teve um filho, que nasceu após a morte de Tyrone Power.

Nos anos 50, Power limitou seus papéis no cinema, para dedicar algum tempo ao teatro. Sua grande chance teatral surgiu com John Brown’s Body (poema) e com a peça Mister Roberts. Power morreu de um infarto agudo do miocárdio, aos 44 anos, durante as gravações de Salomão e Rainha de Sabá. Por isso, o filme teve que mudar de protagonista às pressas.