Luanda acha lubrificante biodegradável para metalurgia

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Luanda Kívia de Oliveira Rodrigues era estudante da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Dentro da instituição de ensino criou uma base de óleo de soja para a produção de lubrificante biodegradável. Esse produto tem como destino àss máquinas da indústria metalúrgica, de qualidade e resistente à ação oxidativa.

A ação foi feita com o professor José Ubiragi de Lima Mendes, do Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica (PPGEM) da UFRN.

Os cientistas situaram que óleos lubrificantes, de forma geral, são compostos por óleo base e aditivo. No caso dos lubrificantes utilizados na indústria metalúrgica, em torno de 99% é óleo base e 1% é aditivo.

Na pesquisa, Luanda obteve o éster (composto) do óleo de soja, uma vez que substitui o óleo base na produção do lubrificante. O produto nasce já com uma boa opção de matéria-prima, porque o Brasil é referência mundial em produção da semente de soja.

Atualmente o óleo para empresas metalúrgicas são mineral ou sintético

O óleo base dos lubrificantes encontrados no mercado é de origem mineral ou sintético. Por isso, causa danos ao meio ambiente desde a sua produção até o descarte indiscriminado. Para o descarte final adequado há, inclusive, um custo de tratamento deste lubrificante utilizado.

Para Luanda, além de constituir-se em uma ferramenta para a abertura de um novo mercado, uma vez que pode caminhar também para um avanço na indústria agrícola do país.

O éster produzido a partir de óleo vegetal, nesse caso de soja, é um produto ecologicamente correto, biodegradável e, por isso, não oferece risco ao operador, pessoa que normalmente mais entra em contato com o mesmo, nem ao meio ambiente, como os lubrificantes existentes no mercado.

Assim, forma um filme protetor entre partes sólidas, aumentando a vida útil da ferramenta e melhorando o acabamento superficial da peça, à medida que protege o meio ambiente e o operador.

O que Luanda Kívia de Oliveira Rodrigues faz atualmente

Hoje, Luanda Kívia de Oliveira Rodrigues é professora no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). Além disso, ministra as disciplinas para o curso técnico em refrigeração, técnico em mecânica, graduação de Engenharia Mecânica e no Programa de Pós-graduação em Engenharia de Sistemas e Produtos (PPGESP – Mestrado Profissional).