10 curiosidades sobre os vereadores eleitos de Natal

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Vocês sabem muito bem que tem 29 vereadores eleitos de Natal e houve de fato uma mudança dentro da Câmara Municipal. Como resultado, os vereadores estão cada vez mais jovens. Por isso, o Brechando resolveu listar 10 curiosidades sobre a Câmara que não elegeu pessoas há tempo no poder e colocou muita gente nova.

1) Dos 29 vereadores na Câmara de Natal, 27 tentaram reeleição. No entanto, apenas 11 continuarão no plenário

Divaneide foi a mulher mais votada para Câmara Municipal

Destaque vai para Divaneide Basílio, que ficou na suplência na eleição de 2016. Mas, após a saída de Natália Bonavides à Câmara Federal, ela foi chamada para o cargo. Hoje, foi a segunda vereadora mais votada, com mais de cinco mil votos. Além de ser a primeira vereadora negra da cidade.

2) A candidata mais nova 22 tem anos

Brisa Bracchi se destacou no Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFRN, onde defendia as pautas feministas e LGBT. Além disso, ela é a vereadora mais jovem de Natal, tem somente 22 anos. Seu aniversário de 23 será em dezembro. A foto de Brisa acima do título tirei do site da UBES, onde ela foi integrante e começou a sua carreira.

3) Um dos candidatos eleitos é Tércio Tinôco e é o primeiro cadeirante vereador da cidade

Apesar de mais de 100 anos de história, a Câmara Municipal não havia um representante real para pessoas com deficiência. Pelo menos, agora vai ter. Um dos vencedores das Municipais é Tércio Tinôco, do Partido Progressista, conhecido pelas ações de inclusão às PCDs.

4) O suplente de Júlia Arruda se destacou na luta dos secundaristas

Júlia Arruda, caso deseje candidatar em outros cargos em 2022, tem um suplente que ficou conhecido durante a ocupação dos secundaristas. Pedro Gorki é estudante de pedagogia da UFRN, mas no Ensino Médio foi presidente nacional da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), que ganhou força na luta contra a reforma do Ensino Médio.

5) Após duas tentativas de entrar no Executivo, Robério Paulino se torna vereador

Robério Paulino já tentou se candidatar para prefeito de Natal e governador do RN. Entretanto, desde 2018, resolveu migrar para o legislativo. Hoje, ele é suplente da cadeira do PSOL na Assembleia Legislativa. Além disso, ele está na Câmara Municipal. Dentre suas propostas era de plantar 50 mil árvores para cada voto que recebeu. Antes de tudo isso, ele era professor do curso de Gestão de Políticas Públicas (GPP) da UFRN.

6) Fazendo uma regra de três seria quantas árvores?

Se 50 mil equivale a 1 voto. Então os mais de 1000 votos que recebeu dos eleitores corresponde que agora Robério tem que plantar mais de 500 mil árvores na capital do Rio Grande do Norte.

7) O Bispo Francisco de Assis é o vereador mais antigo da casa

O vereador, que também é músico, está na casa desde 2004. Ou seja, são 16 anos de mandato.

8) O PT conseguiu uma cadeira há mais neste pleito

A Câmara Municipal tinha apenas dois representantes do PT: Divaneide e Fernando Lucena. Agora tem Divaneide, Brisa e Daniel Valença.

9) Dos 29 vereadores, apenas 7 são mulheres

As mulheres eleitas são Divaneide Basílio, Ana Paula, Brisa, Camila Araújo, Margarete Régia, Nina Souza e Júlia Arruda. Infelizmente, uma a menos que 2016.

10) O verador eleito Paulinho Freire já foi prefeito de Natal por dois meses

Em 2007, Paulinho Freire foi candidato à vice-prefeito de Natal na chapa de Micarla de Souza. Entretanto, quando a mesma foi afastada em 2012, por conta da Operação Assepsia, o mesmo teve de assumir a prefeitura. Esse mandato só durou por dois meses. Porque ele ganhou para vereador e precisava sair da Prefeitura para receber o diploma para que pudesse tomar posse em janeiro de 2012.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe para o máximo de pessoas possíveis e não deixe de continuar acessando o Brechando.