Lendas urbanas natalenses em vídeo

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


O dia 11 de setembro é lembrado a princípio pelo atentado que aconteceu na cidade de Nova Iorque, depois vem uma das mais famosas lendas urbanas no Brasil: o episódio de Dragon Ball Z que nunca apareceu. Por causa disso, eu resolvi nesta sexta-feira apresentar um vídeo que estava no fundo da gaveta, com o objetivo de falar sobre as lendas urbanas natalenses.

Você conhece a Viúva Machada? Bebê do Midway? Qual lenda urbana que você sabe? Por isso, assista o vídeo sobre lendas urbanas natalenses a seguir e compartilhe com os seus amigos. Confira:

Para ver e outros vídeos do Brechando no You Tube é só seguir o canal.

Sobre a Viúva Machado

Era uma personalidade bastante rica e seu nome e, de forma infame, virou nome de uma lenda urbana. Por conseguinte, o seu legado é visível nas ruas de Natal.

Era conhecida, no entanto, pelos populares como a “Papa-Figo”, que significa comedora de fígado, no qual as mães diziam para os filhos malcriados que ia chamar a Viúva Machado para tentar colocar ordem.

O nome dela era Amélia Duarte Machado, nasceu em 1881. Quando jovem, ela casou com o português Manoel Duarte Machado. Um homem bastante rico naquela época. Além disso, era dono de muitas terras e um grande comerciante e tinha lojas nas ruas da Ribeira. Dizem que o bairro de Nova Descoberta e Morro Branco eram de propriedade da família Machado. A Dona Amélia contribuiu para fama do marido, realizando muitas festas.

Em 1910, eles construíram uma casa próximo da Igreja do Rosário, no bairro de Cidade Alta, que existe até hoje e falamos dela no Brechando. A casa tinha uma arquitetura pomposa do palacete ornamentado com gradil e estátuas, provenientes da França e estilo Art Nouveau.

Para ler a matéria completa, clique no link a seguir.