[Editorial] E não é que o Brechando chegou meia década

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


1º de agosto de 2015 foi quando publiquei a primeira matéria do Brechando. Depois disso foram mais de 3 mil textos, participação nas redes sociais, quase dois milhões de visualizações, uma revista e um curso de webjornalismo. De 2015 para cá muita coisa mudou.

Alguns estão mais conservadores e outros mais modernos, mas estamos aqui, Brechando tudo até a última ponta.

Tudo isso aconteceu com base da minha teimosia e a vontade de contar histórias do meu jeitinho, mas sem inventar mentiras, além de ter tido grandes pessoas que sempre me apoiaram e sabem muito bem quem são.

No dia anterior era meu último dia de estágio e estava triste por não ter sido contratada. Foi um mês de muito choro, sem contar de um arrependimento por não ter aceito o estágio que pagava melhor por ser no turno da noite e o jornalista que entrou foi contratado e depois desistiu da profissão. Hoje, eu acho melhor que foi assim e eu tinha que seguir esse caminho.

Após ter saído do perfil do WordPress de lá e despedido de todos, eu peguei aquele 46 com muitas dúvidas, sempre olhando o aplicativo para saber se estava tudo pronto para aquele dia seguinte. A única coisa que sabia que as coisas iriam mudar de forma definitiva. E mudou.

Cinco anos, eu estou aqui com meu trabalho e o Portal Noar não aguentou as pontas. Infelizmente suas histórias foram jogadas ao relento. Tentei procurar minha última matéria, mas o site foi deletado. Era sobre a vinda de um navio da Marinha no Porto de Natal, aberto para visitação. Tinha escrito numa forma que escrevo no site, sendo mais formal.

Brechando sempre existiu na minha carreira

Vejo que o Brechando sempre esteve em mim, porém nunca tinha aprimorado. Sempre gostei de histórias e curiosidades. Essa matéria que fiz sobre o Goku Natalense, mostra um pouco a essência do site, sendo que estava muito verde como profissional e só tinha 19 anos.

Do aviso prévio ao último dia de estágio, eu fiquei preparando o site, fazendo matéria e deixando o site pronto. Achava que seria só um treinamento enquanto não voltava a trabalhar, mas ele virou o meu trabalho e abriu portas para o meu novo lado profissional.

Hoje, faço mais um texto para comemorar a vitória de manter um meio de comunicação em pé, mesmo que não tenha uma grande redação ou um conglomerado. A essência de contar histórias para o público ainda está de pé. Quero continuar contando mais e ter pessoas que possam colaborar nessa área, independente se está produzindo matéria ou me ajudando a produzir uma.

Se hoje trabalho com internet, mídias sociais e Ads, tudo isso devo por ter começado a ideia do Brechando.

Obrigada a todos que leram este texto até o fim e vamos celebrar!

Novidades neste cinco anos

Neste cinco anos vou comemorar de uma forma diferente. A festa será comemorada durante todo o mês. Dentre as novidades está um lançamento de um e-book, no qual a pré-venda começará no dia 15, no qual publicarei uma postagem falando mais, e conta um pouco do que as pessoas estão passando nesse período.

Além disso, vai ter vídeos e mais matérias curiosas, sem contar que vai ser um período com bastante entrevistas, com diversas personalidades de Natal e do Rio Grande do Norte. Claro que serão publicadas por aqui.

Venha comemorar com a gente, pois a fatia do bolo já está te esperando!