UFRN está nas melhores universidades do mundo!

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Você sabia que o Brasil tem 61 universidades consideradas as melhores do mundo? Uma delas é a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).  A UF, carinhosamente chamada pelos estudantes, está na lista das 1000 universidades melhores do mundo.

A pesquisa é desenvolvida pelo Times Higher Education (THE). Na parte de América Latina das 166 universidades avaliada, a instituição federal foi listada entre as 40 melhores.

Na 40ª posição, no entanto, vem a Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA), também no Rio Grande do Norte, sendo na cidade de Mossoró.

O ranking incluiu universidades de 13 países da América Latina e do Caribe e selecionou as 166 melhores instituições da região com base em 13 indicadores de desempenho, avaliando aspectos de ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais.

UFRN é a quarta melhor universidade do Nordeste

A UFRN ficou entre as quatro melhores do Nordeste. Ficou atrás apenas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal do Ceará (UFC).

Outras instituições nordestinas por conseguinte conseguiram entrar na lista foram: a Universidade Federal de Sergipe (UFS), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade de Fortaleza (Unifor), Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Federal do Piauí (UFPI), além da já mencionada Ufersa e a Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

De acordo com o THE, o Brasil é mais uma vez o país mais representado no ranking, com 61 instituições, sendo que 47 são instituições públicas.

Outros países da América Latina em destaque

O ranking ainda registra que as melhores universidades da América Latina vem do Chile com 30 e pela Colômbia com 23. Na listagem geral, a Pontifícia Universidade Católica do Chile ocupa a liderança. Já Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Campinas (Unicampi) figuram como segunda e terceira colocadas, portanto, respectivamente.