Joe Biden, candidato a presidente dos EUA, já veio à Natal

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Mesmo com a situação global não ser a mais agradável, vai haver as eleições norte-americanas. Será neste ano que vamos saber se os Estados Unidos vai releger Donald Trump ou vão escolher alguém do partido Democratas? O candidato do partido de oposição é o Joe Biden, que já foi vice-presidente dos EUA durante a gestão de Barack Obama e uma das curiosidades do político é que ele já veio à Natal há seis anos.

É considerado o primeiro político dos Estados Unidos, no âmbito do poder Executivo, a pisar nas terras natalenses após a Segunda Guerra Mundial, quando Franklin Delano Roosevelt veio à Conferência do Pontengi.

O motivo de sua visita foi por causa da Copa do Mundo de 2014, quando os Estados Unidos jogou contra Gana.

Visita de Biden durou apenas 1 dia

De acordo com o  O Globo, policiais militares, federais, rodoviários, agentes de trânsito e as Forças Armadas fizeram a equipe de segurança.

Primeiramente, desembarcou em Natal no Aeroporto Augusto Severo junto com a neta Naomi (foto acima do título) e conversou com Rosalba Ciarlini, governadora do RN na época.

O ex-vice presidente, entretanto, chegou na partida atrasado e perdeu o primeiro gol dos EUA, que foi feito aos primeiros 28 segundos do primeiro tempo, conforme relatado pela Veja.

Veja a foto de Biden ao chegar em Natal seguir:

Joe Biden em Natal
Biden com Rosalba Foto: Assecom/RN

Nos corredores turísticos e no entorno do estádio, militares do Exército e da Força Nacional fizeram rondas e se posicionaram em pontos estratégicos.

Por coincidência, no dia do jogo, cerca de 50 homens da Guarda Municipal e da Polícia Civil protestavam por reajuste salarial.

Após ter acompanhado a partida, ele encontrou com o então vice-presidente brasileiro, Michel Temer, e a presidente Dilma Rousseff em Brasília.

Por fim, Biden, logo em seguida, viajou à Colômbia e à República Dominicana com a finalidade de criar diálogos com os líderes dos dois países.