Em 1970 Natal teve Drive-in e agora terá novamente

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Para suprimir a falta de filmes nos cinemas por conta do Covid-19, algumas cidades brasileiras estão fazendo cinema e shows ao ar livre, simulando o que foi sucesso na década de 70 no Brasil, o famoso Drive-In. O Brechando já visitou um cinema assim no Canadá, através do jornalista Danilo Dantas. Mas, Natal já teve um cinema assim? Teve e ajudou a urbanizar o bairro de Capim Macio, que futuramente seria conhecido por ser uma área nobre.

Outubro vai ter cinema ao ar livre em Natal, mas há 50 anos teve um que ficava no início de Capim Macio, quando tudo ainda era mato.

O cinema em questão se chamava Hippie Drive-In, que não era apenas um cinema para assistir os filmes do momento dentro dos carros, mas também era um bar, restaurante, mini-zoológico, shows de bandas de rock e dentre outras atividades. Ficava na avenida Engenheiro Roberto Freire, na época nem exisita o CCAB Sul.

Como era o espaço do Drive-In em Natal nos anos 70

O lugar tinha mais de 40 mil metros quadros, com cinema drive-in e tinha um parque de diversão com os mais variados brinquedos.  A iluminação dos shows era regada à luz negra, uma novidade na época.

No zoológico do Hippie Drive-In tinha onça-pintada, tamanduá-bandeira, anta, cotia, porco-espinho, urubu-rei, faisão e outras variedades de aves. Nos restaurantes serviam comidas nada baratas, como escargot e caviar, além de fornecer bebidas importadas. Além disso, tinha uma área privativa para festas particulares.

Eram comuns excursões de Pernambuco e da Paraíba, uma vez que não existia nada semelhante no Nordeste. O ambiente chegou a acomodar, de uma só vez, 1.800 pessoas.

O local entretanto fechou em 1974, quando o proprietário criou um outro empreendimento na avenida Campus Sales. Funcionou em local ermo da atual Av. Roberto Freire na altura do Shopping Seaway, apesar de outras fontes falarem que era mais ou menos próximo do Cidade Jardim.

Outubro vai receber um Cine Drive-In

O Cine Drive In Natal acontecerá em outubro e vai oferecer cinema ao ar livre de forma gratuito no estacionamento do Arena das Dunas. Durante o mês de outubro serão realizadas quatro edições no estacionamento do Arena das Dunas, com exibição de cinco filmes por noite, divididas em quatro sessões. A cada sábado do mês será montada uma grande estrutura de exibição ao ar livre com uma tela de 12m de largura x 7m de altura e um equipamento de projeção e radiotransmissão para que seja possível atender a demanda de até 200 carros por sessão.

O público poderá acompanhar o áudio pelo rádio e alguns filmes vão dispor de aplicativo de acessibilidade para cegos ou surdos, integrando todos sem a necessidade de separação de publico.

Clique nos tópicos a seguir para saber detalhe de cada ação do Drive-In em Natal.

Como funcionará o Drive-IN

Equipe garante as normas sanitárias

Alimentação por QR Code


 

Como funcionará o Drive-IN

Serão exibidos seis filmes por edição, sendo três longas nacionais ou internacionais e três filmes potiguares. Porém, não foi divulgado quais serão os filmes. A cada sábado serão 4 sessões, sendo a primeira a Sessão infantil (classificação indicativa: livre), às 17h. Na sequência (20h) a sessão Clássicos do Cinema (Classificação indicativa: livre ou 14 anos). A terceira e quarta sessões reúnem curtas metragens produzidos no Rio Grande do Norte e filmes contemporâneos, os chamados filmes de festivais.

Entre as sessões um DJ vai agitar o ambiente discotecando músicas potiguares e de trilhas cinematográficas. É também neste momento que se dará a logística de entrada e saída de carros.

A  intenção da organização do Cine Drive-In Natal é porquanto marcar o novo projeto cultural de promoção, resgate e memória dos cinemas drive-in, além de difundir o cinema brasileiro, os clássicos que marcaram gerações e a relação das pessoas com a experiência do cinema como arte acessível.

Organização

A segurança e a organização do estacionamento é a base para a realização deste evento, o qual adotará um sistema rígido de fiscalização (controle de entrada e saída, distanciamento limite de automóveis por sessão e permanência do público no interior dos carros) para garantir a saúde e bem estar de todos.

O Cine Drive-In Natal vai trabalhar com uma equipe composta por técnicos de projeção, som e luz, produtores, cenógrafo, curadores, projecionista, programador, jornalistas, técnicos do audiovisual, gerente de marketing entre outras e ainda uma grande equipe de atendimento ao público. Dezenas de seguranças direcionados a organização do estacionamento manterão o controle rígido do distanciamento entre os carros, além da própria segurança de todos. Rapazes e moças sob patins e bicicletas darão apoio ao público orientando e esclarecendo dúvidas.

Equipe do Drive-In garante as normas sanitárias

A fiscalização de uso de máscaras e outras medidas de segurança ficará por conta dos “lanterninhas” como nos antigos cinemas; a venda de balas e bombons, se dará por meio de bombonieres (tabuleiros) acopladas ao corpo do atendente. As bicicletas atenderão a demanda de venda de águas, refrigerantes e pipoca ao público.

Haverá uma equipe de limpeza exclusiva para atendimento aos banheiros químicos, os quais serão nos modelos mais amplos e com pias para lavagem das mãos. Ainda contará com uma higienização a cada vez que o equipamento for usado, e seguranças farão o controle da fila respeitando a marcação do distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas.

Todos estarão equipados individualmente com máscaras, luvas e álcool em gel para sua higienização constante durante o período de trabalho, fazendo troca de 3 em 3 horas das máscaras e luvas.

Alimentação por QR Code

O evento pretende ainda organizar uma praça de alimentação com a instalação de Food Trucks que atenderão o público por meios digitais, realizando a entrega dos lanches nos carros dos clientes através de um entregador de bicicleta a exemplo do Uber Eats. A realização da oferta desses serviços só será possível mediante a autorização dos órgãos públicos competentes que atuam no combate ao Covid-19.

A instalação da Praça de Alimentação não impede que o público por conseguinte leve seu próprio lanche de casa.