Dia do Orgasmo: 3 matérias sobre sexo para relembrar

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Leia este copilado de matérias do Dia do Orgasmo ao som desta música:

Hoje, sexta-feira, é dia 31 de julho, dia do Orgasmo, que deveria ser todo dia e não apenas uma ação promocional de lojas. Neste momento, muitos casais que não moram juntos estão fazendo inúmeras atividades para conseguir superar a distância, as pessoas solteiras estão comprando brinquedinhos sexuais e o sexo ainda é considerado tabu para algumas pessoas, principalmente por alguns acharem um pecado fazer antes do casamento.

Mas, o Brechando nunca achou que fazer sexo fosse um grande problema na humanidade e odeia quem impõe regras para o prazer e no amor. Por isso, relembramos três matérias que falávamos sobre este ato que ajuda a formar vários seres.

Lembrar que estamos na quarentena. Por isso, se você não está com seu companheiro ou é solteira, invista em comprar brinquedos, fazer brincadeirinhas à distância e outras coisas neste Dia do Orgasmo. Nada de fazer sexo e p

Confira as reportagens a seguir:

Desenvolveram um guia para fazer sexo oral nas mulheres

Muitos falam do famoso boquete (utilizando o termo popular, porém nada formal, mesmo), conhecido sexo oral que as mulheres fazem nos homens. Seja em música ou filme pornô, este tipo de prática é ensinada como a certa e que a mulher deve satisfazer apenas o homem e não a mesma. Porém, poucos se falam do inverso e algumas mulheres suplicam que façam, porém muitos machos não sabem ou sentem nojo de fazer isso. Por isso, a artista natalense, Sunsara, teve a brilhante ideia de criar praticamente um tutorial completo para ensinar os machos a satisfazer a mulher utilizando o paladar.

Para saber todo esse procedimento, clique aqui para ler mais.


Sexo é um assunto popular, não para as mulheres…

Hey, moça, você já gozou hoje? Eu ouvia muito de um colega de escola no terceiro ano de Ensino Médio que queria zoar com a cara das meninas, período em que muitas perderam as suas respectivas virgindades com os primeiros namoros sérios ou nas festas de Porto Seguro (BA). Umas ficavam envergonhadas e uns 2% falavam na cara dele que sim. Eu era dos 98%, confesso, a UFRN me deixou menos hipócrita.

O prazer associado ao sexo pode ser explicado em termos evolutivos. Ele pode funcionar como um bônus para a realização do ato sexual. Em muitas espécies o sexo tem um alto custo energético, de forma que, se não houvesse tal compensação, provavelmente as espécies não o realizariam e consequentemente desapareceriam.

A gente foca muito no sexo para as mulheres nuas, nos quais os homens desde cedo são ensinados a ler revistas de mulher pelada ou assistir pornô e até mesmo levar o rapaz para ter sua primeira noite com uma prostituta. Mas, pouca gente se pergunta se as mulheres podem ter prazer quando transa. Pelo contrário, a maioria das pessoas são fiscais de virgindade. Querem saber se as damas ainda são virgens.

Segundo o Huffpost, 53% das brasileiras solteiras entre 18 e 25 anos jamais tocaram uma siririca. Para quem não sabe, isto se chama a masturbação feminina.

Sabendo destes questionamentos em Natal, existe uma artista que quer expor esses tabus e estimular com que outras mulheres pensem sobre o assunto.

Leia Mais aqui.


Menina, o povo gosta mesmo de ir ao Sex Shop

Se jogar no Google a palavra Sexo+Brasil, o resultado é ter conhecimento de duas pesquisas sobre o assunto, após uma porrada de pornôs falando de sexo à brasileira.

  1. Em 2016, uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) apontou que os brazucas fazem sexo duas vezes por semana.
  2. No ano seguinte, o site “Sexlog” apontou que em entrevista com os usuários, 80,4% dos mesmos afirmaram que nunca recusaram uma relação sexual.

Por isso, um Sex Shop localizado em um principal shopping de Natal é bastante disputado por ambos os gêneros, héteros ou LGBT. Fica dentro de outra loja, separada apenas por uma porta de vidro, no qual a entrada e saída é bastante movimentada.

Ficava questionando o porquê da disputa. Até um dia criei coragem para uma vendedora e perguntei se podia entrar: “A porta está livre? Posso entrar para saber?”.

Continue lendo clicando aqui.


Tenha, portanto, um ótimo Dia do Orgasmo.