Burlando quarentena, Butique natalense copia ideia da Havan

Compartilhe:

A butique natalense Donna Donna é conhecida por vender roupas de marcas internacionais, cuja uma blusinha facilmente pode custar mil reais. Além disso, ela é conhecida por muitos anos por ter tido um dos camarotes do Carnatal mais disputado pela High Society natalense, antes de chegar o da Skol. No entanto, ela, “do nada”, resolveu virar uma mercearia neste período de quarentena.

A ideia foi comemorada pelas socialites, no entanto as pessoas estão criticando bastante a atitude. Veja este tweet a seguir:

Lembrar que quase 60% dos potiguares estão furando a quarentena.

O usuário do twitter Felipe Matias se referiu à tática utilizada por Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan. Hang tinha colocado feijão e arroz para venda, alegando que aquilo era “serviço essencial”. Mas, o juiz negou o pedido do empresário apoiador do Governo Federal.

Em um tweet em resposta ao de Felipe Matias, uma usuária falou que essa prática também é comum em centros comerciais, principalmente no bairro do Alecrim.

Veja o tweet a seguir:

O assunto da butique natalense também está sendo bastante repercutido nas outras redes sociais, principalmente o Whatsapp.

Recentemente, o Governo do Estado prorrogou o isolamento social e agora só começaram a reabertura do comércio quando os leitos de UTI estiverem com 70% de sua capacidade.