Bares vão ajudar quilombola e aldeia indígena na quarentena

Compartilhe:

Tibau do Sul e toda região Agreste está com casos de Coronavírus e a maioria de suas cidades estão com problemas não só com a doença, mas também por não receber turismo. Além disso, famílias carentes estão sentindo na pele, mas pouco divulgado.

Por isso, três bares em Pipa se uniram para ajudar a Quilombola de Sibaúma e Aldeia indígena Catú, vizinhos da praia mais procurada pelos turistas, uma vez que são destinos que precisam de contribuição emergencial. As lives acontecem a partir desta quinta-feira (18) e vão até sábado (30).

Os bares de Pipa são Boobalai, Mikro Ponto Pipa Rock e o Tribus, ambas possuem responsabilidade social, para promover um live festival beneficente e todo o dinheiro arrecadado na nossa vakinha virtual será investido em cestas básicas para ajudar os destinos citados.

No final da postagem tem os artistas que participarão para você dar aquela brechadinha.

Além disso, eles irão fazer uma live beneficente com os artistas locais em parceria com a Budweise.

Essa vakinha pode ser ajudada neste link.

De forma transparente, você doador, pode acompanhar nossa vakinha e o resultado das doações nas redes sociais dos bares.

Confira os artistas que irão participar da live