Escute o mais novo single de Luan Bates

Compartilhe:

Além de ser Valentine’s Day, o  cantor potiguar Luan Bates lançará, nesta sexta (14),  a versão alternativa de “Damned Poetry”, último single do álbum “The Morning Sun”. A canção estará disponível em todas as plataformas via streaming. Luan Bates faz parte do atual cenário efervescente de Natal, trazendo um som distinto em relação às demais bandas da cidade, com influências do rock da década de 1990, folk e country alternativo, mas mantendo a tradição natalense/potiguar de letras escritas em inglês.

A canção do “Damned Poetry” tem forte influência de bandas como New Radicals, Stone Temple Pilots, Oasis e dentre outros artistas que foram sucessos nos anos 90.  “Damned Poetry é, ao mesmo tempo, uma reflexão sobre os desafios da vida e o desejo de enfrentá-los, e uma homenagem às inspirações que me fizeram escrever todo o disco”, disse o cantor.

Escute o single a seguir:

Luan já conta com dois EPs lançados sob outros codinomes: o homônimo Scangledcrow (2014) e o Guia Prático Contra o Bloqueio Criativo, sob o nome Tendre (2016). Ainda em 2016, Luan lançou seu primeiro EP “apropriadamente” solo, “Listen Up, Mates”, com três faixas que elaboram o início de uma autobiografia entre o final de sua adolescência e o início de sua vida adulta.  Ao mesmo tempo que lançava a sua carreira solo surgiu a ideia de criar o selo Nightbird. Seu trabalho seguinte, “Distant Minutes” dá continuidade a essa biografia, compartilhando observações sobre o início da vida noturna de Bates em sua cidade.  O primeiro álbum do músico foi lançado em 2018 e existe a expectativa de um segundo trabalho ainda para esse ano.

Além disso, foi integrante da banda Seu Ninguém.

Brechando falou sobre o surgimento de seu nome artístico, que pode ser visto aqui. “(Risos) Pior que não. Foi uma homenagem a uma amiga que tinha no Orkut chamada Alana e ela tinha esse sobrenome Bates. Até hoje nem sei se ela existe ou era uma fake, mas a gente se conheceu em uma comunidade. Um belo dia, ela casou e trocou este sobrenome. Mas achava tão legal o Bates, combinava tanto com ela e resolvi fazer essa homenagem.”.

Foto acima do título: Clara Cortez.