Lagoa de Alcaçuz fica perto do presídio de mesmo nome?

Compartilhe:

Cheia de belezas naturais, a Lagoa de Alcaçuz está entre estas atrações e que não pode ficar de fora do seu roteiro de viagem, independente se você é turista ou do Rio Grande do Norte. A Lagoa de Alcaçuz é um atrativo muito bonito, principalmente para quem deseja desfrutar de um bom banho de lagoa. Existe a possibilidade de fazer alguns passeios pela região também, principalmente de quadriciclo.

Nesta região, existem várias outras lagoas, uma próxima da outra. Existem duas opções para chegar até lá: algumas empresas de turismo oferecem passeios de quadriciclo, ou poderá chegar através de trilha, com 19 km total de extensão e que pode ser facilmente percorrido mesmo por quem não tem tanta prática com esse tipo de esporte.

Mas, ela é perto do presídio de mesmo nome ? O Brechando vai revelar este mistério a seguir.

A cidade de Nísia Floresta tem 22 lagoas e praias como Pirangi do Sul (Pirangi do Norte pertence a Parnamirim), Búzios, Barra de Tabatinga, Camurupim e Barreta, todas elas região de veraneio.

Voltando ao questionamento inicial, a lagoa e o presídio de Alcaçuz ficam no mesmo distrito e por isso recebe esse nome. Mas, a distância entre esses dois lugares é em torno de quatro quilômetros se for de carro. Veja o mapa a seguir:

O presídio de Alcaçuz ficou conhecido em 2017 pelo maior massacre na história prisional da história do Rio Grande do Norte, onde centenas de presos foram mortos e causou uma grande crise na segurança pública. A unidade prisional foi inaugurada em 1998, conforme falamos por aqui. O Governo, no mesmo ano, decretou que a Penitenciária de Alcaçuz iria ser desativada após a inauguração da unidade prisional que está sendo construída em Ceará-Mirim, Afonso Bezerra e Mossoró.

Na época, o G1 do Rio Grande do Norte fez uma reportagem especial falando do massacre e abordou sobre o turismo na região. Para a equipe de reportagem, o guia turístico Lucas Vinicius. “Antes das rebeliões, eu rodava com 30 quadriciclos para turismo por dia. Hoje, poucos dias após essa rebelião, só saio com oito”, fala. No roteiro de Lucas está a lagoa de Alcaçuz, ponto turístico de Nísia Floresta, há pouco mais de 2 km da penitenciária. “As pessoas quando ouvem esse nome se assustam e não querem vir aqui. Os turistas não queriam ficar aqui, catavam as coisas e só queriam ir embora”, lamenta Lucas.

A localização “turística”, segundo o governador Robinson Faria, não deveria ter sido escolhida para a construção do presídio, inaugurado em 1998. “Hoje ali é uma área turística, tem muitas casas no entorno, tem lagoa, tem praia, é uma área que não cabe mais o presídio, tem que levar para uma área muito mais distante, isolada”, disse o governador após anunciar que pretende desativar a unidade palco da matança. A localização “turística”, segundo o governador Robinson Faria, não deveria ter sido escolhida para a construção do presídio, inaugurado em 1998.

Hoje, a área da lagoa de Alcaçuz ainda é bastante procurada pelos turistas e ainda é uma ótima opção de lazer.