5 LPs nacionais que gosto de escutar

Compartilhe:

Já falei em vários posts no Brechando sobre a minha coleção de discos e como gosto de escutar música na vitrolinha, apesar de não negar um Spotify. Independente se é o artista mais novo, velho ou está no auge da carreira, escutar música é sempre muito bom e ajuda no humor e aprimorar as ideias. Recentemente, existe um aumento de artistas relançando e lançando as suas produções em vinil, principalmente os artistas nacionais.

Aqui vou listar meus 5 lps de artistas nacionais que eu gosto e escuto bastante na vitrola. A maioria eu comprei assinando o clube do vinil da revista Noize, no qual não faço mais parte e falei de como funciona nesta postagem e é voltado para artistas nacionais, porém podem ser encontrados em sebos e nas lojas dos próprios artistas. Na época, todos custavam 120, se assinasse o clube. No entanto, as tiragens da Noize são bem reduzidas e por isso alguns artistas podem ser mais caros que os outros.

Sim, colecionar LP gasta muita grana. Se você quer ajudar o seu artista, escute suas músicas no formato streaming, mp3, CD e dentre outras formas, mas também você pode encontrar em valores mais baratos em sebos, se tiver sorte.

Vamos começar o ano de 2020 com bastante música. Confira a lista a seguir:

1 ) Tem que acontecer – Sérgio Sampaio

Resultado de imagem para tem que acontecer sergio sampaio vender

É o segundo álbum do considerado maldito da “MPB” e para alguns críticos de música é considerado o melhor do artista.  A gente tem uma matéria sobre a vinda de Sampaio à Natal registrada em um vídeo.

Produção: Discobertas
Custo: Se for a versão de 1976, você encontra pelo preço de R$ 280, mas a maioria das lojas do Mercado Livre vende a versão remasterizada da Noize e o mais barato era 250 reais, se não tivesse lacrado.

2 ) Remonta – Liniker

Resultado de imagem para remonta lp

O primeiro álbum do grupo Liniker e os Caramelows, no qual fala sobre amores que acabaram e foram reconstruídos ao longo do tempo, o que me fez escutar bastante em um período que tive romances conturbados.  O disco foi aclamado pela crítica e fez com que a banda fosse incluída como os melhores da nova geração da música brasileira.

Produção: Pomm_elo
Custo: Como ele é considerado um disco para colecionador devido às poucas tiragens da Noize, ele é um disco bastante salgado, de 300 a 500 reais no Mercado Livre.

3 ) Recomeçar- Tim Bernardes

Resultado de imagem para recomeçar tim bernardes

Este é o primeiro disco solo de Tim Bernardes, vocalista da banda O Terno. Misturando com as influências da banda com a sua identidade própria, o álbum foi bastante premiado e considerado uma obra-prima. Depois de Remonta, era ele que escutava em seguida.

Produção:  Tratore
Custo: Antigamente era vendido na própria loja do site da banda O Terno, porém está fora do ar. No Mercado Livre as pessoas estão cobrando uma fortuna, alguns chegam a ousar e querer vender por 1000 reais, confira aqui.

4 ) Xenia – Xenia França

Resultado de imagem para Xênia França Xenia

Xênia França é uma cantora e compositora brasileira. Nascida no Recôncavo Baiano, passou a adolescência em Camaçari e mudou-se para São Paulo em 2004. Trabalhou como modelo até 2008, quando começou a cantar em bares. Hoje é considerada uma das novas vozes na música brasileira e seu primeiro disco foi indicado ao Grammy Latino.  O disco é bom do começo ao fim, além de mostrar as raizes brasileiras.

Produção: Agogô
Custo: Dos cinco que serão citados, este foi o mais acessível até agora, você pode encontrar no Mercado Livre por R$ 220,  uma centena a mais do que foi vendido originalmente. O mais acessível foi a versão japonesa do álbum que está por 170 reais por aqui.

5 ) Em noite de climão – Letrux

Resultado de imagem para letrux em noite de climão capa

Nos anos 2000, Letícia Novaes juntamente com o multi-instrumentista e compositor Lucas Vasconcellos, formava a banda Letuce.  Em 2016, o grupo encerrou suas atividades No ano seguinte, ela adotou o nome artístico de Letrux e lançou seu primeiro álbum solo, intitulado “Em Noite de Climão”, que foi eleito o 10º melhor disco brasileiro de 2017 pela revista Rolling Stone Brasil. Além disso, ela se tornou uma queridinha dos festivais de música alternativa. Com um pop dançante e letras debochadas, ela tocou muito no meu toca-discos. Um dos melhores LPs nacionais da década de 2010.

Produção: Deck
Custo: Se quiser a versão Noize, no Mercado Livre está por 500 reais.

Se tiver informações novas sobre esses LPs nacionais, eu atualizarei a matéria.