O que a Petrobras tem a ver com a Campus Party?

Compartilhe:

A Campus Party está rolando e dentre as atividades do evento está a Petrobrás, com diversas atividades que proporcionarão aos participantes uma imersão em diversas tecnologias. Mas o que tem a ver? Lendo o release, eu vi que até para coletar um milímetro de petróleo precisa de tecnologia. “O evento é multidisciplinar e traz as tendências tecnológicas e de entretenimento digital. A Petrobras investe constantemente em inovação e novas tecnologias e, por isso, é importante estar em eventos como este, que fomentam a cultura da inovação”, comenta Aislan Greca, gerente de Patrocínio e Eventos da Petrobras.

Com um estande de 60 m², a Petrobras estará na Open Campus, área gratuita do evento, com um espaço onde o visitante poderá participar de quiz de ciência e tecnologia, games interativos e o podcast Jornada pelo Conhecimento. Além disso, uma área de descompressão foi criada para quem preferir relaxar um pouco durante o evento.

Um dos destaques da programação é o Desafio Petrobras de Voicebots. Equipes de até quatro pessoas terão 36 horas para construírem, a partir de especificações apresentadas, um voicebot – assistente virtual com inteligência artificial que utiliza a voz como meio de interação.

Além disso, palestras gratuitas sobre robótica, segurança da informação, big data e transformação digital serão oferecidas no estande da companhia (confirma programação no final da matéria).

O apoio à Campus Party está em sintonia com outros projetos apoiados pela Petrobras para promover a busca pelo conhecimento e desenvolvimento das pessoas nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM – sigla em inglês para Science, Technology, Engineering, and Mathematics). O espaço da companhia no evento é inspirado no aprendizado STEM, com o objetivo de encorajar os jovens a entrarem em carreiras relacionadas a essas áreas de conhecimento.

Confira a programação de palestras no estande Petrobras da Campus Party

Dia 17.08 (sábado)
10h – Segurança da Informação no desenvolvimento de novas aplicações, com Paulo Henrique Pontes
11h – Robótica e Realidade Aumentada na Exploração e Produção de Petróleo, com Marcelo Goulart
14h20 – Transformação Digital: Novas Interfaces, com Luis Gustavo Neves
16h- Análises e Visualização de dados em tempo de big data, com Rodrigo Mantovaneli.

Dia 18.08 (domingo)
10h – Segurança da Informação no desenvolvimento de novas aplicações, com Paulo Henrique Pontes
11h – Robótica e Realidade Aumentada na Exploração e Produção de Petróleo, com Marcelo Goulart
14h20 – Transformação Digital: Novas Interfaces, com Luis Gustavo Neves
16h- Análises e Visualização de dados em tempo de big data, com Rodrigo Mantovaneli.