Conversando com os acampados da Campus Party 2019

Compartilhe:

Os visitantes da Campus Party são campuseiros e eles já estão desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (16) na Campus Party 2019, no qual acontece no Centro de Convenções do Evento. Como falamos no ano passado, “a graça do evento“, é sair de sua cidade para ficar acampado dentro do evento.

Visitando a área de camping, o Brechando entrevistou algumas pessoas que saíram de vários lugares do Rio Grande do Norte e outros estados para saber como é um pouco ser campuseiro e a área de interesse de cada um.

O casal Kiane Carvalho e Tauan Almeida são estudantes de Tecnologia em Alimentos e Ciência da Computação, respectivamente. Nerds assumidos, saíram de Petrolina, interior de Pernambuco, para participar da segunda edição natalense da Campus Party. A meta é buscar conhecimento e também formar novos amigos e parceiros para futuros trabalhos.

“Eu vim aqui porque sempre traz algo de promissor na minha área, apresentam as novas tecnologias e quero me aperfeiçoar no meu trabalho”, contou o Tauan. Já a Kiane, inicialmente, veio para “acompanhar o namorado”, mas também quer buscar conhecimento, principalmente na área do desenho. “Só lamento em ter que voltar para Petrolina no domingo de manhã”.

Pedro Guilherme é natural de Mossoró e é experiente na Campus Party, visto que já foi na edição de Recife e a de Natal. Estuda Ciência da Computação na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e veio em busca de parcerias para trabalho. “A gente tem uma grande oportunidade de Network, você conhecendo novas pessoas e novas tecnologias é primordial para a minha profissão”, disse.

Já Rafael de Luna veio por conta das palestras da CP e também por ter gostado bastante da edição do ano passado. Em entrevista ao Brechando, ele conta um pouco de suas expectativas para esse ano. “Nesse ano aumentou a quantidade de palestras e terão assuntos mais aprofundados, me interessando bastante”.

Confira algumas fotos do camping dos campuseiros: