Um after no Bar do Zé Reeira

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Foi se o tempo que Natal não consagra nem desconsagra ninguém. As pessoas estão querendo seguir os passos adiantes das ideias que estão surgindo na cidade. Exemplo disso foi o que aconteceu na tarde desta terça-feira (30) no Bar do Zé Reeira, que fica entre a avenida Rio Branco com a Princesa Isabel, no bairro de Cidade Alta. Em parceria com os estudantes de Produção Cultural do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), a organização do Garage Sounds resolveu fazer uma festa pós evento que rolou no último fim de semana na Arena das Dunas.

A festa, de menor porte, foi uma forma de dialogar com a cena alternativa local que está passando por um período de turbulências e bipolaridades, como ascenção do Beco da Lama e o declínio das casas de shows na Ribeira, tradicional bairro alternativo da cidade.

Leia Também:

Por falar em dialogar, eles realizaram uma mesa-redonda com os interessados que estavam presentes no bar.  Foram convidados os músicos Isa Graça e Shilton Roque, potiguares que participaram do festival com as bandas Demonia e Born To Freedom, respectivamente. Além disso, contou com a participação do Rodrigo Lima, vocalista do Dead Fish e os organizadores do festival. Ambos discutiram sobre as dificuldades de organizar o evento, arranjar patrocinadores, procurar bandas e fazer shows em diferentes cidades, principalmente por viver em um país que é extenso territorialmente como o Brasil.

Após o bate papo, houve um show no Zé Reeira com a banda potiguar Ardu. Também houve uma feira de economia criativa organizada pelo coletivo Guapo.

Confira as fotografias a seguir:

Fotos: Lara Paiva

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Garage Sounds

O Garage Sounds começou no ano de 2017 como um simples festival em Fortaleza, misturando atrações locais e nacionais. Seguindo uma fórmula de eventos europeus e norte-americanos, o Garage Sounds, já em seu segundo ano, pegou a estrada e foi realizado em cinco capitais do Norte e Nordeste.  Foi aí que Natal entrou em cena e neste último sábado (27) aconteceu a segunda edição na capital do Rio Grande do Norte.

Entre as bandas de renome nacional que passaram neste ano foi o Dead Fish, que está rodando o Brasil com a turnê do seu disco mais novo “Ponto Cego” lançado no final de maio com ótima recepção pela crítica.  Além disso, tocaram Krisiun, Froid , Esteban (ex-banda Fresno), Surra, Molho Negro (já tocou no festival Dosol), Lemori, Mar Morto, Rieg, Chancho, Primordium, Mad Grinder, Concílio de Trento, Morto, Born to Freedom, Fukai, Demonia, Cazasuja, Bear Fight, Heavenless, O Nobre, Joseph Little Drop, Piscadela Verde e Ravanes.