Por que temos uma cidade que se chama Venha-Ver ?

Compartilhe:

A cidade de Venha-Ver fica no extremo oeste do estado, na região do Alto Oeste Potiguar,e abriga o ponto mais alto do Rio Grande do Norte, a Serra do Coqueiro. Com uma população predominante católica, o município abriga o Santuário Frei Damião, que atrai centenas de fiéis anualmente. Mas, por que ela tem esse nome peculiar ?

Uma explicação para a origem do termo “Venha-Ver” é contada pelos mais antigos. Dentre elas, a mais falada e mais conhecida por patriarcas se refere a um namoro entre uma filha de um fazendeiro e um de seus escravos. O fazendeiro ficou descontente com essa amizade, mandando sua filha para uma outra região. Algum tempo depois, esse fazendeiro foi à procura de sua filha em uma manhã, no dia de sua partida, quando recebeu de uma de suas escravas a informação de que sua filha estaria proseando com o namorado. O fazendeiro não acreditou na conversa, por isso, a escrava que havia contado essa história chamou a filha do fazendeiro para comprovar que a informação era verdadeira. A escrava, enfrentando o patrão revoltado, disse Venha ver. Algum tempo depois, esse povoado passaria a se chamar de “Venha-Ver”.

Outra explicação para a origem do nome é relacionada aos fortes traços de cultura judaica na região, visto que a cidade foi originada por duas famílias: uma de judeus e outra de holandeses. Por falar em judeus, muitos naquela época eram considerados cristãos novos, quando um judeu recém-covertido ao catolicismo praticava atos em favor da cultura judaíca. Alguns dizem que o nome da cidade é a fusão da forma verbal “vem” (forma conjugada da terceira pessoa do singular do presente do indicativo da forma verbal vir, em língua portuguesa) com o termo hebraico “chaver” (que se pronuncia ráver), cujo significado é amigo, companheiro.

Até hoje não se sabe qual é a origem correta da história.

No entanto sabemos que Venha-Ver pertencia a cidade de São Miguel, crescendo na produção agrícola e a nível populacional. Em 12 de agosto de 1963, se transformou no distrito de “Padre Cosme”, pertencente ao município de São Miguel. Finalmente, em 26 de junho de 1992, o distrito de Padre Cosme ganhou autonomia política, através da lei estadual nº 6 302, desmembrando-se do município de São Miguel e tornando-se município do Rio Grande do Norte, com o nome de Venha-Ver.