Escola de robótica em Natal cria kits educativos

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Que tal aprender a robótica em caixas ? O ano de 2019 chegou com muita novidade para o Roboeduc Inbox, composto por aulas virtuais e boxes com peças fabricadas em impressoras 3D, o Inbox conta com quatro boxes e 22 aulas, além de desafios práticos. No mês de março deste ano, outros quatro boxes serão lançados pela marca, concluindo o tema do inbox “Smart City”.  Dando prosseguimento ao tema central do produto, ‘smart city’, ou, no português, ‘cidades inteligentes’.

Os kits que complementarão o primeiro módulo do sistema já entram à venda no mercado desde março. Entre as novidades, as novas caixas contarão com sensores e atuadores eletrônicos de ponta, oferecendo muita tecnologia aos usuários. A aquisição dos produtos seguirá o mesmo padrão das caixas anteriores e será feita por meio do site da empresa, inbox.roboeduc.com.br, ou na sede da Roboeduc, que fica na Rua da Saudade, 1051. Atualmente, o Inbox está presente em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal, somando mais de 50 cidades.

Inicialmente, serão ofertados os boxes 5 e 6, que trazem desafios como: construir um radar de velocidade e uma ponte levadiça, respectivamente. Na segunda quinzena de abril, chegarão os boxes 7 e 8, que trazem temáticas como lançador de foguete, em homenagem à capital potiguar, e a construção de um drive true, que contará com sensor de preços por meio de cores.

Os novos kits manterão o mesmo padrão dos quatro módulos iniciais, sendo compostos por aulas virtuais e boxes com peças fabricadas em impressoras 3D. Serão oferecidas nos novos módulos, ao todo, 22 aulas, além de desafios práticos.

Criar formas de rentabilizar foi o único caminho para empresas de diversos segmentos durante a crise econômica que o Brasil vive pós 2015. O exemplo da Roboeduc é um exemplo de empresa potiguar do ramo do ensino de robótica educacional que cresceu em meio a esse cenário, recentemente foi apresentado uma palestra intitulada de “Como empreender na crise”, ministrada por Cássio Leandro, na 12ª Campus Party Brasil, realizada no Expo Centro, em São Paulo.

Haverá uma Campus Party em Natal, marcada para o segundo semestre deste ano.

De acordo com Cássio Leandro, diretor executivo da Roboeduc, dentre os temas a serem abordados está como a escola de programação e robótica conseguiu passar pela crise sem mudar o foco da empresa. “A Roboeduc estava consolidada. Porém, com a crise, o setor educacional também foi atingido e isso afetou a empresa. Mas, com criatividade, desenvolvemos o Roboeduc Inbox e conseguimos, sem mudar a direção do que fazemos de melhor, mostrar nossa metodologia para todo Brasil”, adianta.