Mahalila Ocupa: quando atividades culturais banem a violência urbana

Compartilhe:

Recentemente, o Mahalila, bar que fica no entorno do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi vítima de um assalto dentro do estabelecimento, causando muitos prejuízos. Ao invés de fechar ou declarar que “bandido bom é bandido morto”, eles tiveram a ideia de revitalizar o entorno do estabelecimento, através de uma atividade chamada Mahalila Ocupa, no qual tem atividade marcada para acontecer no próximo sábado (6), a partir das 15 horas.

“Entramos com um ofício na Prefeitura (SEMOB) para fechar a Rua Doutora Nivea Madruga e o terreno de barro na lateral do Mahalila (que já está sendo revitalizado e iluminado para maior conforto e segurança de todos) neste dia com o intuito de finalmente ocupar um espaço público praticamente inutilizado, em desuso há mais de 40 anos e sem perspectiva de reurbanização para desenvolver ainda mais nossas vivências e afastar a criminalidade”, disse a organização do evento.

As atividades serão iniciadas as 15h com grafite de Arbus e Pok e discotecagem livre de vinis para fazer a estreia da vitrola.  Às 17h o Duetto Cabroso vai dar início às lembranças do Mahaldeia 2019 (evento de comemoração de aniversário de 5 anos do Mahalila realizado em Janeiro deste ano na Chapada Diamantina/BA). Depois haverá uma exibição audiovisual e por fim terá apresentação da banda Fukai.

Serviço – Mahalila Ocupa

O QUE É? Mahalila Ocupa I
QUANDO? Sábado, 06 de Abril
QUE HORAS? Das 15h a 0h
ONDE? Rua doutora Nivea Madruga, Potilandia