Estranho sucesso infantil dos anos 80 chamado Três Patinhos

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Brechando os LPs existentes no Brasil, um que me chamou atenção foi uma capa com o desenho de três patos no estilo Disney, praticamente idêntico aos sobrinhos do Pato Donald (Huguinho, Zézinho e Luizinho), que se chamava Os Três Patinhos e era tão colorido, bem anos 80, que chamava atenção de qualquer pessoa, rapidamente jogo no Google e vejo que alguém teve a audácia de gravar todo o álbum para colocar no You Tube, então como uma fã das canções dos anos 80. O vídeo mostra o rapaz colocando um disco amarelo ovo na vitrola e é praticamente os sucessos da década com as vozes de patos ao fundo, mas acertando com aquela voz insuportável do Alvins e os Esquilos.

O público-alvo eram realmente as crianças que iriam escutar as canções da Gretchen, Benito Di Paula, Rita Lee e dentre outros artistas da geração com uma voz de pato no fundo. Escute uma das pérolas a seguir:

Quando escutei pela primeira vez, dei altas gargalhadas lembrando das frases dos meus tios que eram crianças nessa época dizendo: “No meu tempo não tinha essa baixaria como são os tempos modernos, tem muita pornografia”. Acho muito interessante quem fala frases como essa e cresceu nos anos 80 ouvindo um homem com voz em alta rotação cantando feito um retardado “Ela Deu o Rádio”, do Genival Lacerda, que era cheio de duplo sentido e conotação sexual. Será que estamos mais ajuizados fazendo com que os jovens conheça os assuntos aos poucos ou o certo era tratar as crianças como mini-adultos , só dando uma pincelada de falso lúdico?

Essa pérola do trash dos anos 80 foi feita pela gravadora Copacabana, que tinha como um dos produtores o Mister Sam, argentino conhecido por ter criado a Gretchen e outras cantoras com rosto e corpo bonito e pouco conteúdo nas suas composições. Com o sucesso da eterna rainha do bumbum ao público infantil (sério, minha madrinha amava a cantora e tinha um compacto da mesma), ele resolveu misturar com o universo Disney e criou esses patos animados, que só parou mesmo na indústria fonográfica.

Os Três Patinhos – Fazendo a Festa foi lançado em 1980 pelo selo Visior/Copacabana. O carro chefe era, claro,  suas composições já gravadas por adultos como Freak Le Boom Boom da Gretchen e ainda Severina Xique Xique muito popular na voz de Genival Lacerda. Aliás, os vocais eram de anônimos eletronicamente alterados para parecerem patos.

Claro que rapidamente estes discos coloridos chamaram atenção da criançada e com certeza você tem um primo mais velho que tem um LP colorido.

E detalhe, eram bastante escutados em festa de aniversário:

No embalo do sucesso passaram a lançar discos temáticos para festividades como dia das mães, natal, etc. Nenhum vendeu tanto quanto o que tinha “parabéns a você”, um compacto praticamente onipresente nas festinhas da época.

O inevitável encontro finalmente aconteceu, Gretchen, a Rainha do Bumbum, máquina de hits da discoteca nacional, se encontrou com os Três Patinhos num compacto por volta de 1984. Foram nada menos do que quatro grandes sucessos da diva agora acompanhados do vocal e detalhe que este disquinho foi bastante vendido na época, no qual este reinado nas crianças acabou quando a Xuxa resolveu lançar as suas próprias músicas, que também são um prato cheio na problematização.

Atualizados com o momento, chegaram a lançar CDs na década de 90, com visual modernizado na capa e cantando hits do momento, mas sem o sabor do auge. Se você olhar todos os comentários do You Tube, a maioria são pessoas conservadores com sentimento de nostalgia e querendo este momento de verdade de volta.