Beco da Lama terá a sua primeira feira de quadrinhos

Compartilhe:

Neste sábado (6) haverá a I Feira De Quadrinhos Do Beco Da Lama, a partir das 9 horas da manhã, no qual dentre as atividades está a venda de revistas em quadrinhos, desenhos, ilustrações e caricaturas. Nessa edição, fará uma homenagem especial ao desenhista, chagista e quadrinista Emanoel Amaral. Toda a venda dos produtos será revertida ao homenageado. Além disso, o objetivo é reaproveitar o novo espaço do Beco da Lama, recentemente revitalizado.

Emanoel Amaral começou a trabalhar com histórias em quadrinhos, charges e arte publicitária em 1970 no Jornal Diário de Natal. Foi o pioneiro dos quadrinhos potiguares ao realizar, em 1971, a 1ª Exposição norte-riograndense de quadrinhos e criar junto com um grupo de amigos o GRUPEHQ – Grupo pesquisa de histórias em quadrinhos. Também é integrante da Rede Brasil de Direitos Humanos.

A imagem pode conter: texto

Produziu entre dezenas de hqs, no qual alguns foram feitos em parceria com Cláudio Oliveira, Edmar Viana, Aucides Sales e Ivan Cabral. Dentre as publicações estão o livro de charges “Já Era Collor” e a “revista Igapó”, com o objetivo de contar episódios da história do RN. O primeiro número da revista foi o Ataque de Lampião á Mossoró.  Na Bienal do Livro de Natal, em 2005, lançou o álbum em quadrinhos “Os Guerreiros das Dunas”, ficção histórica sobre as origens da cidade de Natal, na visão dos índios potiguara.