Simona Talma: cantora, compositora e empreendedora

Compartilhe:

Com olhos brilhantes e porte seguro, a cantora Simona Talma em 2019 completa 20 anos de carreira e agora vai mostrar uma de suas facetas: empreededora. A gestão de sua própria carreira fez com que ela desenvolvesse o circuito Rock de Mulher, com o objetivo de incentivar outras meninas a unir o empreededorismo, as artes e o rock and roll no mesmo espaço, visto que o espaço musical ainda é bastante voltado para o público masculino.

“Cada novidade profissional é uma responsabilidade. Sempre bate um nervosinho quando lanço trabalhos novos, o meu lado empresária surgiu pelas consequências da minha carreira é gerir os meus próprios shows, produzir canções e também fazer o meu próprio CD”, disse Simona em entrevista ao Brechando.

Tudo começou quando começou a participar do Festival Sonora, que reúne artistas mulheres do mundo inteiro para o festival que acontece em várias cidades. “No entanto, eu percebi que algumas vezes havia um amadorismo por parte de algumas artistas e veio a necessidade de compartilhar a minha experiência com as outras pessoas. A Andrea Martins já tinha um evento parecido em Salvador e eu e ela decidimos criar o Circuito Rock Mulher, que também acontece em cidadez vizinhas, como João Pessoa e Recife.”.

A mesma ainda contou que a experiência com o Dosol, que tem como uma das sócias a baixista Ana Morena Tavares, também foi uma escola para fazer um empreededorismo no rock. “Aprendi muito com eles, como gestão de carreira e turnê. Comecei lá no Projeto Incubadora, quando lançamos o primeiro disco do Talma & Gadelha. Recentemente, eu participei da produção do disco da Luaz, foi uma experiência incrível e inédita em trabalhar como produtora. Lá sempre a lição é repassada para as pessoas, nada é guardado. A educação precisa ser compartilhada. “.

O seu sinal de empreendedora surgiu quando criou o evento Rock de Mulher, desenvolvido em 2015 para divulgar a mulherada que participa no rock com shows de artistas locais. “O empreededorismo é bom para todas as áreas, você pode fazer o seu próprio bagulho, está por dentro de todas as atividades e fica feliz com o resultado. Parece chato, mas quando você olha o seu projeto se desenvolver e a mostrar o resultado é muito gratificante. Não acho que existe um ponto negativo para trabalhar como empreededora”.

Simona contou que ainda é difícil a participação da mulher no mercado musical, principalmente quem for trabalhar com o estilo musical diferente do habitual. “A maioria das vezes que chamam as mulheres para ser produtora são para trabalhos gratuitos ou com os nossos discos. São nos momentos de dificuldades que temos de mostrar as possibilidades em trabalhar com a música.”.

Para ela ensinar as mulheres sobre empreender é um “trabalho gigante e de muita responsabilidade”, mas fica a vontade, pois se “sente em casa para falar sobre o assunto”. “Parece que a gente conquistou muita coisa, porém ainda é o mínimo, precisamos conquistar mais espaços, pois a maioria das áreas já é dominada por homens”, contou.

Simona Talma na abertura do Rock de Mulher

Sobre o Rock de Mulher

O “Rock de Mulher Circuito – Empreendedorismo e Formação para Mulheres na Música” nasceu com o intuito de gerar um espaço para o desenvolvimento de novas profissionais no mercado musical. Idealizado pela cantora e compositora potiguar Simona Talma e a cantora baiana Andréa Martins, o circuito foi lançado na última sexta-feira (08) e segue com atividades nesta semana em Natal, passando também por João Pessoa e Recife.

O projeto, que foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2018 com o apoio da Lei Rouanet, oferecerá durante esta semana oficinas, rodas de conversa e master class, com objetivo de auxiliar mulheres a se profissionalizarem para atuar no mercado musical. Estas atividades são gratuitas e serão realizadas no Praia Shopping.

Confira o teaser do projeto a seguir:

E para encerrar o circuito em Natal em grande estilo, a banda Rock de Mulher -composta por Simona Talma, Ana Morena, Nathália Noronha, Andréa Martins, Maíra Soares e Raquel Oliveira – realizará um show no Biergarten Natal. A programação contará também com a presença de tatuadoras e exibição de curtas dirigidos por mulheres.

Confira o calendário de atividades em Natal:

13 de março (14h): Simona Talma orienta a oficina de “Autogestão, Empreendedorismo, Conceito Artístico e Técnica Vocal para o Cotidiano”.

13 de março (19h): Ana Morena, musicista e produtora do festival DoSol, realiza a Master Class “Circulação em Festivais e Gestão de Carreira”, em frente às Lojas Americanas do Praia Shopping. Ana falará sobre como produzir e fortalecer um empreendimento cultural. Além de outros assuntos como, carreira artística, produção executiva de projetos e premissas básicas de planejamento, gestão e interação com o meio cultural. Esta atividade é aberta ao público.

14 de março (19h): Roda de conversa “Desafios e Enfrentamentos das Mulheres no Mercado de Trabalho”, na em frente às Lojas Americanas do Praia Shopping, com participação de Ana Morena, Andréa Martins, Nathalia Noronha, Simona Talma, Carol Carvalho (Produtora Cultural) Danielle Leal (Gerente de marketing do Praia Shopping) e Daniela Cruz (Cantora e Psicóloga). Ao final do bate-papo haverá um pocket show com a banda Rock de Mulher.

15 de março (19h): Show de finalização do circuito Rock de Mulher em Natal, no Biergarten Natal.