O que aconteceu com o Instagram, Whatsapp e Facebook nesta quarta?

Compartilhe:

A quarta-feira (13) foi bastante turbulenta para quem usa as redes sociais, principalmente pelo fato das três redes sociais mais usadas no Brasil: Instagram, Facebook e Whatsapp, que foram vítimas de uma instabilidade provocada no início da tarde e só foi contornada nas primeiras horas desta quinta-feira (14). Tinha que ter muita paciência na hora de trocar foto ou acessar o seu perfil. Mas, existe algum motivo específico ?

Era nesse período que muita gente utilizava apenas o Telegram e o Twitter para se comunicar. Por falar na segunda citada, os assuntos mais comentados entre os usuários eram essas instabilidades, que aconteceram não só no Brasil, mas também em outros países. Veja o mapa a seguir, as manchas amareladas mostram onde teve as maiores ocorrências:

Downdetector, que monitora as falhas do Facebook pelo mundo, mostra que problema foi verificado em vários países do mundo — Foto: Reprodução

A instabilidade foi tão grande que o O Facebook usou o Twitter às 16h para se comunicar, negou que o problema tenha sido causado por um ataque DDoS, mas desde então não deu mais nenhuma informação sobre esta instabilidade que chegou bem perto de durar 12 horas de duração. Esse problema foi considerado o pior que o Facebook já passou nos últimso tempos, após as polêmicas de dados serem utilizados por empresas de marketing de performance para a campanha eleitoral dos Estados Unidos.

O site DownDetector, que avalia status de conexões em tempo real, mostra que a instabilidade atingiu os aplicativos por volta das 12h. Até o momento, mais de 10 mil usuários reclamaram de dificuldades para acessar as redes sociais, que pertencem ao Facebook, de Mark Zuckerberg.

Usuários conectados em suas redes sociais não conseguem completar ações dentro dos aplicativos. No Instagram, as fotos até carregam, mas não chegam a ser publicadas. Enquanto isso, uma mensagem de erro aparece quando se tenta comentar uma publicação. O erro, aliás, está impactando Facebook e Instagram. O Brechando, por exemplo, teve dificuldades de postar seu material no Instagram. Às 13 horas tinha conseguido colocar esta chamada:

Mas desde as 15 horas tentava colocar essa postagem a seguir, que só foi ao ar às 23 horas:

Além disso, usuários que tentam realizar login em uma das plataformas se deparam com uma mensagem de erro, algo que aconteceu com o Brechando quando tentamos logar a conta do insta em outros dispositivos móveis. No Facebook, a plataforma informa que está trabalhando para resolver o problema “o mais rápido possível”. No WhatsApp, por exemplo, havia problemas para encaminhar fotos e links.

Não se sabe o porquê dessa instabilidade. Segundo o site especializado downdetector.com, os relatos atingiram o pico entre as 13h e as 22h e e os problemas eram mais perceptíveis na América do Norte e na Europa

Ainda teve uma Fake News dizendo que foi por conta do Massacre de Suzano

Muita gente, no entanto, acreditou na Fake News que dizia que o Facebook, o Instagram e o WhatsApp foram bloqueados para publicação de fotos, vídeos e áudios por conta da repercussão da tragédia em Suzano. Além disso, o texto diz que os apps permanecerão assim por tempo indeterminado.

 Prova disso é que o problema com os aplicativos não se restringiu ao Brasil. Houve relatos em vários países ao redor do mundo, através de hashtags como #FacebookDown , #instagramdown e #WhatsApp ficaram entre os trending topics do Twitter no mundo durante a tarde desta quinta (13).

Como falado inicialmente neste post, o Facebook diz ainda que o problema não está está relacionado a um ataque de negação de serviço (DDoS), que é um acesso coordenado, em massa, que visa derrubar um site. Algumas das mensagens que circulam dizem que houve o bloqueio “porque estão investigando as redes”. Isso também não é verdade.