Dois potiguares fizeram sucesso em Portugal nos anos 90

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Brechando discos potiguares das antigas nos deparamos com o João Marcelo e Jorge Luís. O disco é completo de covers de música sertaneja gravadas no Brasil por Leandro e Leonardo, Fagner e dentre outras músicas que você escutou nos bares ou no ápice da bebedeira nas festas da família.

Detalhe: Esse disco até hoje um dos mais escutados em Portugal e eles gostam de brega tão quanto os brasileiros.

Pesquisando na internet eu descubro que os dois são naturais do Rio Grande do Norte, mais precisamente na cidade do Natal, onde um empresário no ano de 1991 os convidaram para trabalhar em Portugal e gravaram inuméros discos em sua carreira solo.

A gravadora se chama Vidiscos, que existe até hoje e grava discos de artistas do mesmo porte dos potiguares. Os discos de maiores sucessos dos cantores são esses a seguir:

Somente eles gravaram juntos o “Juntos na Emoção”, que é um copilado de outras gravações. O disco completo pode ser escutado a seguir no Spotify, além de outras do católogo da gravadora portuguesa:

Mas, eles ainda estão em Portugal ? O cantor João Marcelo se tornou um cantor bem-sucedido graças ao seu cover de “Aguenta Coração”, de José Augusto, que foi usada na abertura da dublagem portuguesa de Barriga de Aluguel. Ainda continua gravando bregas brasileiros e composições própria no país lusitano, achamos esta entrevista de 2012, no qual o mesmo comemorara 20 anos de Portugal. A entrevista completa pode ser vista a seguir:

Já o cantor Jorge Luís voltou para o Rio Grande do Norte, onde continua fazendo o seu trabalho como cantor e compositor, escreveu composições para vários artistas potiguares e até hoje faz shows em serestas nos bairros populares de Natal. Ele é uma das figuras carimbadas das famosas serestas do Luiz Almir, um político famoso no estado.  Mas, por conta da sua intensa boêmia, ele perdeu todo o dinheiro que conquistou em Portugal e hoje ainda canta, apesar do glaucoma lhe deixar cego.

Em Natal começou a se apresentar Luiz com Z, como está registrado na sua identidade. Ele chegou a se candidatar como vereador em duas eleições, mas nenhuma obteve sucesso.

Essa matéria só começou quando o Jorge deu uma palinha em uma festa da família e um dos meus tios me apresentou. “Este é o Jorge Luís, tocou na Europa, foi bem-sucedido, mas infelizmente os artistas potiguares não o valorizam”.

O Jorge com seu cigarro entre os dedos estava ansioso para tocar, não importava se era um grande ou pequeno show, o importante era continuar.

Mas apesar de suas condições, ele sempre mantinha sua animação lá em cima.

Ele é um cantor bastante underground até no meio brega, somente quem gosta do meio o procura e grava os seus shows, visto que é difícil procurar sua apresentação via You Tube.

Mas, achamos uma apresentação dele em São José de Mipibu, que pode ser vista a seguir: