Dia Internacional da Mulher: 19 fatos sobre ser feminino no RN

Compartilhe:

A sexta-feira celebra-se o Dia Internacional da Mulher, onde devemos relembrar as conquistas que a mulherada conseguiu provar, mas, mesmo assim, alguns ainda consideram a luta como algo desnecessário ou faz com que os homens e as mulheres ficam contra uns aos outros. Nosso especial deste dia será mostrando 19 fatos sobre esta luta e alguns dados atuais sobre ser mulher no Rio Grande do Norte. Confira a lista a seguir:

1) A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa.

2) Em 26 de agosto de 1910, durante a Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em Copenhaga, a líder socialista alemã Clara Zetkin propôs a instituição de uma celebração anual das lutas pelos direitos das mulheres trabalhadoras.

3) As celebrações do Dia Internacional da Mulher ocorreram a partir de 1909 em diferentes dias de fevereiro e março, a depender do país.

4) A primeira celebração deu-se a 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, seguida de manifestações e marchas em outros países europeus nos anos seguintes, usualmente durante a semana de comemorações da Comuna de Paris, no final de março.

5) No início de 1917, na Rússia, ocorreram manifestações de trabalhadoras por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial.

6) Os protestos foram brutalmente reprimidos, precipitando o início da Revolução de 17, data da principal manifestação, 8 de março de 1917, foi instituída como Dia Internacional da Mulher pelo movimento internacional socialista.

7) Na década de 1970, o ano de 1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e o dia 8 de março foi adotado como o Dia Internacional da Mulher.

8) Há 29,8% das mulheres natalenses sustentam as famílias.

9) 187 mil mulheres em Natal participam de atividades da economia ativa.

[the_ad_group id=”3553″]

10) 13 mil mulheres natalenses possuem filhos e não são casadas.

11) Mais de 425 mil mulheres existem em Natal.

12) Mais de 224 mil mulheres já tiveram filhos.

13) A média do salário da mulher é R$ 1.341,18 e os dos homens R$ 1.802,63.

14) Representaram 30,5 % das candidaturas nas Eleições 2018.

15) O RN é o único estado brasileiro a ter uma mulher como Governadora: Fátima Bezerra.

18) Existe um portal chamado Portal da Mulher Potiguar, organizado pelo Governo do Estado,que fornece as principais informações sobre leis e outros direitos que a mulher tem garantido.

[the_ad_group id=”3553″]

19) Temos sete mulheres vereadoras, quatro deputadas estaduais, uma federal e uma senadora.

O feminismo não é mimimi

O segundo episódio do Brechando Vlog, no nosso canal no You Tube, falou um pouco de como é se descobrir feminista e nesta matéria vamos colocar o vídeo para que os leitores relembrem ou conheçam, caso não tenha visto. Veja a seguir: