Sabia que Iza já morou em Natal ?

Compartilhe:

Muitos surpreenderam a cantora Iza falar sobre a cidade do Natal, visto que passou dos seis até o final da sua adolescência morando na capital potiguar por conta do trabalho do pai. Porém, ela sofreu bastante preconceito na escola pelo fato de ser a única estudante negra.  “Cresci acreditando que tinha alguma coisa errada comigo. Alisei os meus fios até os 19 por pura convenção social. Achava que aquela estética era mais aceitável do que o cabelo afro. Olha o que a sociedade faz com a gente! Só conheci a minha real estrutura capilar aos 20, quando fiquei um ano sem fazer relaxamento”, contou a cantora em entrevista ao jornal O Globo.

Mas foi em Natal que se tornou dona dela, mostrando que ela pode ser linda e negra ao mesmo tempo. O seu primeiro single, lançado em 2016, o single “Quem Sabe Sou Eu”, mas estourou mesmo com o hit “Pesadão”, que contou com a participação de Falcão, eterno vocalista da banda O Rappa.

Antes de ser cantora, a carioca retornou ao Rio de Janeiro, onde  ingressou no curso de Publicidade e Propaganda, formando-se pela PUC-Rio, chegando a trabalhar como editora de vídeo durante alguns anos, mas viu que seu talento era no canto. Amigos e familiares sempre elogiaram sua voz e diziam que era perda de tempo não investir neste talento. Disposta a tentar, decidiu criar uma base para ter fãs, assim como para se reafirmar como cantora e mostrar seu talento, criando, então, um canal no YouTube no qual publicava vídeos de covers.

Suas influências são as cantoras estadunidenses Whitney Houston, Beyoncé e a barbadiana Rihanna. Além disso, a cantora tem como referência os principais nomes da música negra mundial, incluindo Mariah Carey, Lauryn Hill, Tina Turner, Diana Ross, Janet Jackson e Michael Jackson. Entre os artistas brasileiros estão Negra Li, Luciana Mello e Fernanda Abreu – de quem a cantora inspira-se nas canções pop de cunho crítico-social.

Um dos covers famosos da cantora é “I Put a Spell On You”, de Nina Simone:

 

Na internet, a cantora é bastante procurada por garotas curiosas, que querem saber o tipo de sua trança, a marca do batom, da sombra e claro mostrando que as mulheres podem ser o que elas quiserem.

No ano passado, ela lançou seu primeiro álbum “Dona de Mim”, que foi indicado ao Grammy Latino, onde saiu “Ginga”, essa música bastante famosa nas propagandas de vídeos no You Tube, mas isso não quer dizer que é um defeito: