Manifestantes vão protestar no Extra por justiça a morte de Pedro Gonzaga

Compartilhe:

Assim como em outras cidades brasileiras, grupos em prol da juventude negra também fará um protesto em uma das unidades do hipermercado Extra em Natal, que fica nas dependências do Midway Mall, na próxima sexta-feira (22), às 15h30, por causa da morte de Pedro Gonzaga, de 19 anos, que foi agredito por um segurança da rede, na Barra da Tijuca, bairro nobre do Rio de Janeiro.

Leia Também:
Pedro Gonzaga: Brasil racista e terceirizado

O funcionário Davi Moreira agora responde pelo crime de homicídio culposo em liberdade, após pagar uma fiança.

Gonzaga era viciado em drogas, com saúde mental debilitada e foi almoçar no supermercado com a família, antes de parar em uma clínica de reabilitação, quando teve um surto. O segurança, então, resolveu dá um mata-leão e o matou na frente dos pais do jovem, que pediam aos berros para parar com essa atitude.

“Num país onde empresas como a Vale fecham os olhos para uma tragedia anunciada, onde um Presidente da Republica é de acordo com um programa de segurança que da “carta branca” para a policia matar, o que resta para nós é lutar por nossas vidas. Para que a juventude negra tenham seu direito a viver”, diz a organização do protesto na capital potiguar.

Davi, no entanto, se defendeu dizendo que foi treinado pela equipe de segurança de tomar essa atitude quando alguém tinha um surto dentro do estabelecimento.

Para saber mais do evento, clique aqui.