[ARTIGO] A hora da Gretchen

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Se Clarice Lispector estivesse viva, ela transformaria a Macabéa em uma pessoa bem sucedida e não tivesse morrido em um terrível acidente de carro. De tão pobre, Macabéa só comia cachorro quente, e levava uma vida tão sem graça, que seu namorado larga pela amiga que tinha o pai como dono de açougue.  Poderíamos trocar a Macabéa pela Maria Odete Miranda de Brito.

Ao invés do Nordeste, ela nasceu no Rio de Janeiro, tinha uma vida normal e sem muitas ambições. Até que resolveu querer cantar e dançar no colégio, como uma forma de parar de ouvir os abusos do pai. Um alcoólatra que batia nela e na mãe (li isso no Wikipedia).

Com as irmãs, ela formou um grupo que cantava músicas infantis em forma de discoteca, algo que estava no momento e fácil de pegar a fama.  Achava isso tão bizarro, mas vi que era verdade quando achei esta matéria a seguir:

Cantando “Atirei Pau no Gato”, um produtor argentino conhecido como Mister Sam a achou bonita e resolveu que ela seria a voz de suas composições que só colocavam frases básicas do francês, inglês e espanhol com uma batida bastante dançante. Além de cantar e ser sensual como Betty Boop, a Maria Odete tinha que rebolar. Mas, pera, isto não é nome sensual. Que tal um nome estrangeiro?

Nesta época, anos 70, vários artistas brasileiros fingiam que eram artistas internacionais para gravar em inglês. O Fábio Jr, por exemplo, era o Mark Davis. Então, tinha que escolher um nome gringo, a Maria estava andando na rua e viu um filme nacional chamado “Aleluia Gretchen”. Foi aí que surgiu o seu nome artístico: vindo de um filme que falava de um grupo de pessoas que resolveram implementar o nazismo no Brasil.

A estreia da nova carreira para o grande público da TV aconteceu no Programa Carlos Imperial (ator do filme pornochanchada “Banana Mecânica”), na extinta Rede Tupi.  Seus sucessos foram Freak Le Boom Boom, Conga Conga Conga, Melô do Piripiri (Je Suis La Femme), “Melô do Xique Xique”, “Melô do Pata Pata” e “Latino-americana” (os dois primeiros receberam disco de ouro e o terceiro disco de platina), entre outros.

Detalhe, todas as suas capas dos contatos estava seminua. Mas, mesmo assim, as crianças adoravam.

Para manter a sua fama, ela posou diversas vezes em revistas masculinas, ganhou muito dinheiro, teve filhos e, ao mesmo, tempo surgiram vários relacionamentos abusivos, no qual os seus milhares de casamento chamavam atenção da mídia sensacionalista. Algo que perseguia durante a década de 90/2000.

Durante o auge de sua carreira, ela participou de todos os importantes programas de TV da época e era figura carimbada do Gugu e Sílvio Santos. Um dos momentos mais famosos foi quando deixou o ator Jean-Claude Van Damme de pau duro em rede nacional no domingo a tarde.

Por falar nos anos 2000, a fama dela estava associada às revistas que posam, seus milhares de casamento, excesso de cirurgias plásticas e sua busca incessante de achar uma nova rainha do bumbum, título que ganhou da imprensa. O importante era carimbar na imprensa marrom. A Gretchen, que tornara recordista por chegar a mil espetáculos em três anos, estava fazendo show no Circo do Palhaço Facilita em Natal e para ganhar dinheiro até chegou a fazer filme pornô com um de seus ex-maridos.

Cansada desse ciclo vicioso e não querer voltar a comer só cachorro quente, a nossa Macabéa resolveu ser imigrante e foi trabalhar na Europa, onde abriu um mercadinho, mas chegando a ter aqueles mesmos empregos que todo latino americano faz quando mora por lá.  Mal sabia que iria chegar o período da internet e suas participações virariam gifs.

Agora, os registros de seus trabalhos anteriores eram satirizados pelos internautas. Foi nesse período que ela começou a virar uma exímia participadora de realities shows, inclusive os da Record.

Em 2010 ela participou do reality show Troca de Família, garantindo à emissora o primeiro lugar em audiência durante sua exibição. Dois anos depois, na Rede Record, integrou o elenco da quinta edição de A Fazenda, onde desistiu da competição na sexta semana durante uma festa. Em abril de 2016, Gretchen integrou o elenco da primeira temporada do Power Couple, juntamente com seu marido Carlos Marques.

Todas as suas participações, ela não teve nenhuma vergonha de se expor, ser exagerada ou fazer um barraco, prato cheio para aqueles que querem viralizar um meme.  Esperta, aproveitou da fama da internet e começou a aparecer cada vez mais e mais na internet, com vídeos no You Tube, redes sociais e todas as coisas que ajudariam a ter mídia. Sabendo disso, as equipes de marketing digital rapidamente começaram a chamar para fazer campanha e ganhou dinheiro sem precisar se submeter ao corpo ficar seminu (ou quase).

Qualquer zoeira dos brasileiros tinha um meme da Gretchen e isso chamou atenção da cantora Katy Perry que a convidou para participar de seu clipe e o vídeo já tem mais dois milhões de visualizações, o mais visto do You Tube da semana.

Não viu? Veja:

Agora, conseguimos levar a Gretchen ter sucesso e fama, como ela sempre desejou!