As orlas das praias urbanas de Natal ficaram assim?

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


Recentemente, os usuários “ressuscitaram” um post da página da Prefeitura do Natal no ano de 2013, quando prometeu que iria reformar todas as orlas das praias de Natal, com exceção da Redinha. A postagem você pode analisar a seguir:

Os recursos, no valor de R$ 13,8 milhões, eram oriundos do Orçamento Geral da União (OGU) e liberados através do Ministério do Turismo. O que eles prometeram nesta reforma? De acordo com o texto que está no site da Prefeitura diz que:

De autoria das arquitetas Teresa Cristina Pires, diretora do Departamento de Planejamento e Jussara Albuquerque, Chefe do Setor de Projetos da Semopi, a reestruturação urbana da orla de Natal compreende duas ações: adequação e acessibilidade das praias de Areia Preta, Meio e do Forte; e adequação e acessibilidade da Praia de Ponta Negra. A previsão é de que as obras sejam licitadas em junho e iniciadas em agosto, período que coincide com a conclusão das obras de enrocamento da Praia de Ponta Negra.

O projeto beneficiará cerca de 7 km de orla e terá como principal diretriz a urbanização, serviços de eliminação de barreiras arquitetônicas, ordenamento do uso do solo, requalificação da orla urbana e consolidação do corredor turístico.

No geral, serão feitas as seguintes intervenções: adequações do passeio público com substituição do revestimento do piso; implantação de novos mobiliários urbanos; ciclovias entre as praias do Meio e Forte; adequação e distribuição dos quiosques em áreas mais agradáveis e amplas; implantação de banheiros acessíveis; criação de áreas de depósito para guarda de materiais dos quiosques; rampas e escadarias para acesso a faixa de areia; sinalização adequada; área de estacionamentos; substituição de iluminação pública; iluminação decorativa; paisagismo; áreas de recreação infantil; e academia da Terceira Idade.

Estamos em 2016, dois dias para 2017 e a única orla que ficou similar com o do projeto da foto foi a Praia de Ponta Negra, que dá para ver nesta foto a seguir (feita em junho deste ano):

img_0658

Lá, eles colocaram escadas de acesso para praia, mas se o cadeirante quiser descer para praia tem que ter ajuda de alguém para descer até a faixa de areia. Os banheiros muitas vezes são sujos, alguns estão trancados e não há uma manutenção cotidiana.

Enquanto isso a Praia do Meio ainda também passou por reforma:

img_0659

A ciclovia não passou por alguma manutenção até o momento e ás vezes os ciclistas tem que competir com as paradas de ônibus, visto que algumas são instaladas no meio da Ciclovia.

Já essas paradas de ônibus com cara de futurista ainda não tem em nenhuma dessas praias. Por sinal, nem em Ponta Negra tem abrigo, pois a rua da orla é muito estreita para caber um ônibus. Quer sair do bairro de transporte público? Tem que subir as enormes ladeiras para a Avenida Engenheiro Roberto Freire.

Já a Praia do Forte eles começaram a aderir ao novo padrão, mas ficou com cara de quem não terminou:

img_0660

Nesta postagem, muita gente comentou do que falta das orlas das praias urbanas de Natal ficarem boas e que algumas coisas que foram prometidas ainda não cumpridas, veja alguns comentários:

“Contemplando Ponta negra até a Praia do Forte” ? Cadê o meme do John Travolta? Cadê a obra? Já estamos em 2016… (risos)

Andrea Alves

O projeto online funciona lindamente, porém, na prática, os banheiros estão abandonados, fedidos, fechados, e nem precisa de mais adjetivos. Tudo ficou na prancheta.

João Nilson

Natal continua sendo a única capital do Brasil que não tem Skate Park : /

Matheus Capovila

Prefeitura, o grande problema de vocês, são as licitações precárias, cheias de falcatruas, onde as empresas só fazem serviços mal feitos, com materiais de última qualidade. Veja hoje a orla da praia do meio, cheia de lixos, buracos e etc.

César Camilo