Vizinhos reclamam de barulho de Igreja Evangélica frequentada por jovens

Aperte nestes botões para aumentar a fonte:

(Diminuir/Resetar/Aumentar)


A atriz Quitéria Kelly utilizou o Facebook, neste domingo (25), para criticar que estava incomodada com o barulho das festas religiosas promovidas pela Igreja Videira, no bairro de Neópolis, zona Sul de Natal.  Entretanto, ela criticou o fato de que os fiéis estavam fazendo passagem de som às 7 da manhã para a festa de Natal da igreja que aconteceu no mesmo dia.

A festa foi bastante promovida na página da comunidade, que tem quase 10 mil seguidores somente no Facebook.

Kelly, no entanto, criticou a falta de planejamento da igreja e da falta de diálogo com os moradores da redondeza.  “Como se já não bastasse chegar em nosso bairro desrespeitando os moradores com seus milhares de carros estacionados nas calçadas, com suas gincanas barulhentas ao ar livre, com direito a fogos de artifício e tambores, fora o barulho de ensaios semanais, quando não diários, da banda da igreja”, afirmou, no qual pensa em fazer um boletim de ocorrência para reclamar da poluição sonora.

A atriz falou que já chegou a reclamar aos representantes da igreja sobre os carros na calçada, que estavam atrapalhando a entrada dos vizinhos na calçada, mas sem sucesso.

O desabafo completo pode ser lido a seguir:

A Comunidade Cristã Videira – Natal passou de todos os limites.
Como se já não bastasse chegar em nosso bairro desrespeitando os moradores com seus milhares de carros estacionados nas calçadas, com suas gincanas barulhentas ao ar livre, com direito a fogos de artifício e tambores, fora o barulho de ensaios semanais, quando não diários, da banda da igreja… enfim, eis que hoje, dia 25 de dezembro, dia em que todo mundo acorda um pouquinho mais tarde, porque além de ser domingo hoje ainda é feriado, ou seja, dia de descanso pra muita gente, eis que a Videira resolveu fazer um evento onde começaram a passar o som às 07h00 da manhã na calçada da igreja, no volume máximo, testando microfones e músicas sem a menor preocupação com a vizinhança.
A falta de respeito e preocupação com os seus “semelhantes” é tão grande, que assusta saber que essas pessoas se reúnem para falar em Deus, para celebrar uma religião, para comemorar suas crenças mesmo que seja passando por cima dos direitos de outros cidadãos que nada tem a ver com isso. O egoísmo é tão grande, o desprezo pelo outro é tão assustador que só posso imaginar o pior vindo dessas pessoas, se elas fazem isso na esfera espiritual e religiosa imaginem o que não fazem em esferas afetivas e profissionais? O que esperar dessas pessoas? O que esperar desses adolescentes que frequentam esse lugar? Um mundo melhor?? Pra quem?? Apenas pra eles?
Pois toda vez que você passar na frente da Videira saibam o que os moradores das redondezas sofrem com a presença dessa igreja em nosso bairro.

Até o momento, a Igreja não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. Alguns fiéis chegaram a comentar a postagem, defendendo os cultos realizados.

O Brechando, inicialmente, falou que era de Goiânia, mas não é e essa informação foi corrigida. Peçamos, desculpas.

Mas, a Igreja Videira, antes, ficava num espaço pequeno na Praça da Agaé, perto do Natal Shopping. Depois, eles se mudaram para Neópolis em um prédio que antes foi outra Igreja Evangélica, a Renascer, da bispa Sônia.

É muito comum no domingo, na Avenida Ayrton Senna, milhares de jovens andando na via com bíblias na mão e se amontoando numa calçada, cheia de carrinhos de comida, conversando sobre diversos assuntos. Porém, esses eventos também acontecem em dias de semana.

A comunidade evangélica é conhecida por receber muitos jovens e está fazendo sucesso entre os adolescentes de Natal. O vídeo do batismo entre os jovens mostra que a intenção é conquistar o público de 12 a 25 anos:

Vale lembrar que Neópolis é cheia de templos religiosos, como a Igreja de Nossa Senhora Aparecida, a Igreja Batista e tem um templo espírita.