Ajude a continuar as atividades do Brechando e manter o jornalismo independente

Compartilhe:

Quando comecei o blog, eu o criei como um portfólio de jornalista recém-formada enquanto não arranjava um emprego. Mas, o que seria um hobby se transformou em trabalho.  O Brechando em 2018 completa três anos, com 30k de views mensais e crescendo cada vez mais. No entanto, fazer uma mídia independente no Brasil, ainda mais no Rio Grande do Norte (estado com Produto Interno Bruto baixíssimo em comparação aos outros estados brasileiros), é bastante difícil, pois são custos para apurar matérias, andar para os locais de fazer pauta, telefonar para as fontes e também para manter o site com layout + hospedagem+ domínio.

Vejo o jornalismo cada vez mais afundando com práticas antigas. Apesar dos problemas, eu fico orgulhosa de conseguir manter um site por muito tempo, enquanto infelizmente portais de notícias da cidade vem e vão.

Apesar de conseguir manter o site com o Google Adsense, no entanto quero que o site cresça cada vez mais e se torne o emprego não só meu, mas também de muitos jornalistas que moram no BR. Quem sabe um dia consigo transformar um site fundado dentro do meu quarto em uma grande newsroom (pode ser um escritório quadrado para começar)? Por isso, neste domingo (28), eu criei a página no blog no Patreon. Lara, o que ser isso?

Assim como no Renascimento,  quando os artistas tinham ajuda de Mecenas para ficarem famosos na Itália, o Patreon é um site de financiamento coletivo e ao mesmo tempo uma rede social. Lá, os artistas constroem relações e experiências exclusivas para os seus assinantes, também conhecidos como patronos. É muito utilizado não só por blogueiros, mas também por quadrinistas, podcasters, músicos, artistas e escritores no geral.  A empresa, iniciada em 2013 pelo músico Jack Conte e  o desenvolvedor Sam Yam, é sediada em São Francisco.

Assim como falei no Patreon, ajudando o blog, você pode estimular não só a continuidade do blog, mas também estimular a continuação do jornalismo potiguar, assim o blog pode chamar mais colaboradores e se tornar em um portal multimídia. Sem contar que é uma das formas de pedir ajuda sem apoio político, mostrando que o site é independente de seus ideais. Afinal, nosso objetivo é ser o mais independente possível e sem precisar bater porta nos editais.

Para acessar a página, colocamos o banner no nosso rodapé e na barra lateral em cada postagem do blog. Mas também você pode clicar neste link.  Assim, sendo o nosso patrono, pode ajudar o blog a crescer e se tornar um importante site.

O quanto eu posso doar? Você pode doar a partir de 5 reais, mas também aceitamos muito mais, se puder, claro. Quem não pode, por favor, divulgue nosso Patreon e esse ano prometo que o blog vai ter muitas surpresas para 2018. Aguardem!

 

 

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta