Pernambucano Barro explica em clipe o conceito de Poliamor melhor que muita gente

Compartilhe:

Você já ouviu falar sobre Poliamor. O que é isso? O verbete do Wikipedia diz:

Poliamor (do grego πολύ – poli, que significa muitos ou vários, e do Latim amor, significando amor) é a prática, o desejo, ou a aceitação de ter mais de um relacionamento íntimo simultaneamente com o conhecimento e consentimento de todos os envolvidos

Ou seja, um relacionamento em que mais de três pessoas podem envolver amorosamente entre si.

Leia Também:

Abordado várias vezes em programas de cunho sensacionalista, muita gente critica o relacionamento poliamoroso ou cria conceitos errados. Até que recebi o vídeo do cantor pernambucano Barro, que fez uma música chamada Poliamor e lançou o clipe oficial em menos de um mês.  Barro marcou presença em importantes festivais no último ano, como Bananada (GO), Vento (SP), Coquetel Molotov (PE), Festival do Sol no Recife (PE) e João Pessoa (PB), MOLA (RJ), no palco da Curadoria do Dia da Música (SP), Festival de Inverno de Garanhuns (PE), além de duas turnês na Itália e shows nos Sescs Pompéia, Belenzinho e São José dos Campos (SP).

Este é o segundo clipe do disco “Miocardio”, que  integra diversas listas de melhores discos de 2016.

O vídeo explora diferentes tipos de relações, como a sexual, fraterna e materna, sem estabelecer qual de fato a narrativa conduz através de um instigante jogo de espelhos. Ou seja, através de metáforas pode explicar algo que ainda é considerado um tabu para sociedade, sem precisar ser algo gore ou polêmico. 

Uma descrição suave sobre poliamor, assim como os arranjos, sem deixar de ser explicativo.

Filmado em Fortaleza, nas Praia do Futuro e o Mangue às margens da Praia Sabiaguaba e do Rio Cocó. O conceito principal elaborado por André Gonzales, ex-vocalista de Móveis Coloniais de Acaju, procurou explorar as reflexões criadas a partir da manipulação de vários espelhos desenvolvidos especialmente para o vídeo.

O clipe contou com a participação do grupo de Teatro Máquina, um dos mais antigos do país. Durante a filmagem, os atores Fabiano Veríssimo, Levy Mota, Márcio Medeiros e a protagonista Loreta Dialla convidaram pessoas com que tivesse uma relação afetiva para participarem das filmagens, o que ampliou o conceito de amor abordado na letra da canção.

Confira o clipe completo a seguir:


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!