Me Brega Funk está de volta e será última festa para financiar o Verde Limão

Foto: Lara Paiva
Compartilhe:

O filme “Verde Limão” está processo de finalização. Como uma forma de financiar esta fase, a festa “Me Brega Funk” está de volta neste sábado (12), às 22 horas, no Ateliê Bar.  Toda a bilheteria do evento será inteiramente revertida para a campanha de crowdfunding do projeto no site Catarse (catarse.me/verdelimao). Para quem não sabe como rolou a primeira edição, eu sugiro ler este texto.

Em edição comemorativa, a festa vai ampliar seus estilos musicais e além do Brega e Funk que marcaram a primeira edição, em maio, pode-se esperar pop, forró, brasilidades e muito mais nos sets dos DJs da noite: Henrique Arruda (diretor do filme), Emilly Lacerda, Jéssica Guerra, Projeto Milk Shake, Paulo Fuga (estreia) e a drag Bibi Bitx, que também integra o elenco do curta-metragem.

E não para por aí. A noite promete ainda muita diversão com um concurso de Funk para eleger o Rei e a Rainha do Baile, a Fada do Glitter, Alarme do Beijo Triplo e performances.

Reunindo um diverso elenco de Drags potiguares, de diferentes gerações, o filme foi rodado em julho deste ano no Barracão dos Clowns de Shakespeare, n’a BOCA Espaço de Teatros e também no icônico Beco da Quarentena, no bairro da Ribeira, em Natal.

O filme é o segundo roteirizado e dirigido pelo jornalista e realizador audiovisual Henrique Arruda e conta a história de um menino que queria ter asas, e que ao longo da vida descobre o quanto é precioso lutar pela sua liberdade.

O primeiro filme do diretor também foi financiado a partir de uma campanha de crowdfunding em 2015 e se chama Ainda Não Lhe Fiz Uma Canção de Amor. Até então, o curta já rodou em mais de 30 mostras e festivais brasileiros, arrecadando 8 prêmios. Os próximos destinos são a Colômbia (IV Festival Internacional de Cine por los Derechos Humanos) e a Bulgária ( Mostra Curta Brasil).

Mas por que ajudar o filme? Para cobrir os custos de produção e poder finalizar o filme que deve estrear em dezembro deste ano, agora a equipe tenta financiar o projeto através de uma campanha no Catarse. Vale ressaltar que o curta-metragem não possui nenhum patrocínio direto e foi realizado na guerrilha, ou seja, de forma independente.

A campanha está aberta até o dia 14 de setembro aceitando colaborações a partir de R$ 25. As recompensas para os apoiadores vão desde ingressos para a Me Brega Bem Funk deste sábado até objetos exclusivos do filme, como imãs, copos, e também cadeira VIP na estreia. Há também a possibilidade de tornar-se um apoiador ou patrocinador do projeto com contrapartidas exclusivas. Acesse: catarse.me/verdelimao

ME BREGA BEM FUNK – EDIÇÃO ATÉ O CHÃO
Sábado. 12.08
Ateliê Bar (Rua Chile,39,  Ribeira)
R$ 10 (confirmando presença no Facebook até 13h do sábado)/ R$ 15 (na hora)
https://www.facebook.com/events/1812445162105452/?active_tab=about


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!