Salgado Filho x Prudente de Morais: Qual é a via mais extensa de Natal?

Compartilhe:

Natal tem 46 avenidas, cujas principais são: Avenida Prudente de Morais, Senador Dinarte Mariz (Via Costeira), Salgado Filho, Bernardo Vieira, Rio Branco, Tomaz Ladim, e João Medeiros Filho. Nessas citadas contam com a maior circulação de carros e que liga as quatro zonas Urbanas da capital potiguar. Mas, quais dessas é a maior avenida da capital do Rio Grande do Norte?

Utilizando o Google Maps, pesquisamos que a Avenida Prudente de Morais é a maior via da cidade e não a Senador Salgado Filho. Na primeira avenida citada concentram-se vários estabelecimentos comerciais, como o Hiper Bompreço Natal, desportivos, como o Arena das Dunas e o finado Kartódromo de Natal, e cívicos, como a Praça Pedro Velho (mais conhecida como Praça Cívica).

O nome da avenida homenageia Prudente de Morais, presidente da República do Brasil de 1894 a 1898. A mesma avenida possui nome diferente no trecho entre a Avenida Getúlio Vargas e a Rua Seridó, no bairro de Petrópolis, chamando-se neste ponto de avenida Nilo Peçanha, que é a menor via da cidade, em homenagem ao presidente do Brasil nos anos de 1909 a 1910. Nesta faixa possui edificações importantes de Natal, como o Hospital Universitário Onofre Lopes e a Maternidade Escola Januário Cicco, ambas de propriedade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Ainda, no trecho entre a avenida da Integração (no bairro Candelária) e a avenida dos Xavantes (no bairro Pitimbu), chama-se avenida Prefeito Omar O’Grady, em homenagem ao prefeito de Natal nos anos de 1924 a 1930, mas todo mundo a conhece como prolongamento da Prudente de Morais. Nesta parte da avenida, destacam-se a sede do SEST e SENAT Natal e o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. O final da avenida fica na entrada do conjunto de Emaús, no município de Parnamirim.

Contando a Nilo Peçanha com a Omar O’Grady, a Prudente de Morais tem 15 quilômetros de extensão.

A Salgado Filho começa parte da BR-101, próximo do Viaduto de Parnamirim e termina no cruzamento da Avenida Alexandrino de Alencar, onde se inicia a Avenida Hermes da Fonseca, como falamos nesta reportagem. Se contasse com a Hermes da Fonseca, a extensão ficaria igual.

Portanto, será que temos um empate técnico?


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!