Time-lapse da Terra feito pela Nasa

Compartilhe:

Como é ver o planeta Terra durante um ano? Já teve essa curiosidade? No dia de 20 de julho, a Nasa divulgou diversas imagens da terra em time-lapse mostrando como foi a Terra entre 2015 e 2016. Ou seja, durante um ano, a partir de sua posição entre a terra e o sol. Foram três mil imagens coletadas na câmera chamada Epic, que registrou à 1,6 milhões de quilômetros de distância (um milhão de milhas, como diz o título do vídeo).

Para quem não sabe, a fotografia em Time-Lapse é um processo em que a frequência de cada foto por segundo de filme é muito menor que aquela que o filme está produzindo. Quer dizer, o vídeo mostra diversas imagens fazendo com que o tempo parece correr mais depressa e fazendo com que a imagem saltasse aos nossos olhos. Muitas vezes é confundida com Stop Motion.

O vídeo foi publicado dentro do canal do You Tube da Agência Espacial Americana.  A câmera está dentro do satélite chamado Noaa Dscvr e pertence ao Observatório do Clima, órgão pertencente à Nasa.

A câmera Epic tira foto a cada duas horas, revelando como o planeta ficaria aos olhos humanos. Além disso, mostra passagem da sombra da lua sobre a Terra durante um eclipse solar março 2016.

De acordo com a NASA, Epic permitirá aos cientistas para monitorar os níveis de ozônio e aerossóis na atmosfera da Terra, bem como a altura das nuvens, propriedades da vegetação e da reflectividade UV (raios ultravioletas) da Terra.

O satélite que está a Epic é o primeiro satélite operacional atuando no que é chamado de espaço profundo, longe da órbita em que normalmente ficam os satélites de comunicação e a estação espacial.

Quer saber como foi o Planeta Terra durante um ano? O vídeo completo, que tem mais de 1,5 milhões de visualizações, pode ser visto a seguir:


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!