Incêndio do Mercado Público de Natal realmente aconteceu

Compartilhe:

A foto acima mostra o que ocorreu na manhã do domingo de carnaval de 1967. Um grande incêndio destruiu o Mercado Público Municipal, localizado na Avenida Rio Branco, no bairro Cidade Alta, zona Leste de Natal. Na época, Natal não havia supermercado e os mantimentos eram comprados neste mercado público. Por isso, lá vendia todos os produtos possíveis e impossíveis de se imaginar.

O Mercado quando ainda existia
O Mercado quando ainda existia

O incêndio destruiu totalmente o prédio que abrigava mais de 100 pontos comerciais no seu interior, além de levar a falência diversos comerciantes.

Reza a lenda que o incêndio foi criminoso, pois o então prefeito de Natal, Agnelo Alves, queria vender o terreno e criar um outro mercado na capital potiguar. Entretanto, os feirantes não aceitaram esta situação. Mas, até hoje não sabe as causas do que aconteceu deste incêndio.

Em fevereiro do ano que vem, a tragédia completará 50 anos.

Depois do desastre, a Prefeitura vendeu o terreno ao Banco do Brasil, que existe até hoje, e o comércio em mercados públicos entrou em decadência. Quase cinco anos depois surgiu o primeiro supermercado em Natal, o Nordestão, na avenida Dois, no Alecrim. Vale lembrar que os donos do supermercado tinham box no Mercado incendiado

Após o incêndio do mercado da Cidade Alta, que ocorreu no final de janeiro de 1967, o prefeito Agnelo Alves iniciou a construção de um novo mercado, desta vez na Avenida Hermes da Fonseca, no bairro do Tirol.

O projeto foi desenvolvido pelo engenheiro Nelson Lins Bahia. Tem aproximadamente 1.300 metros quadrados de área construída e conta com 114 boxes para comercialização de produtos, para além de disponibilizar aos seus clientes um amplo estacionamento de automóveis.

O Mercado Modelo do Tirol foi inaugurado em 31 de janeiro de 1969 e recebeu comerciantes que foram vitimados pelo incêndio na Cidade Alta. Aonde ele fica?  Hoje é o famoso Mercado de Petrópolis, que é conhecido pelas atividades culturais.

 

PS: Nos comentários afirmaram que o incêndio aconteceu em janeiro e não fevereiro, em um domingo de carnaval.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

1 Comentário em Incêndio do Mercado Público de Natal realmente aconteceu

  1. O incêndio do Mercado da Cidade Alta não ocorreu num domingo de carnaval. Há um equívoco no texto. 27 de janeiro de 1967 não foi domingo de carnaval; não há carnaval em janeiro.

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!