Mada incentiva jovens a produzir próprio som e eventos culturais

Compartilhe:

Fotos: Lara Paiva

Na adolescência, muitos dos meus amigos queriam ser rockstar, desenvolver uma banda e viver de música. O preconceito mais as dificuldades em divulgar o próprio trabalho fizeram com que muitas pessoas deixassem esse plano de lado. Porém, as coisas estão mudando.

O festival Música Alimento da Alma (Mada) acontece em setembro deste ano. Alguns meses antes, a organização do evento está realizando um projeto chamado “Mada Faz Escola”, no qual visitará seis escolas públicas e privadas com a finalidade de contar detalhes do projeto, como organizar um evento cultural na cidade, além de incentivar alunos a criarem bandas ou fazer a sua própria música.

“Como a gente está fazendo 18 anos e o festival possui bastante força, queremos fazer algo não só apenas para as pessoas irem ao Mada, mas levar o conhecimento e o trabalho autoral para as salas de aula, além de fornecer uma percepção musical e terem uma ideia do que está acontecendo na cena musical potiguar, que já é reconhecido no país inteiro e também fora do Brasil. A intenção é captar mais pessoas para apreciar a cena musical local”, afirmou Jomardo Jomas, organizador do Mada.

Alunos de Produção Cultural receberam a primeira parte do projeto "Mada Faz Escola"
Alunos de Produção Cultural receberam a primeira parte do projeto “Mada Faz Escola”

A primeira ação aconteceu nesta quinta-feira (6), no campus de Cidade Alta do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).  A equipe conversou com estudantes do curso superior de Produção Cultural e do curso técnico de Eventos da instituição federal, o bate-papo tem como objetivo compartilhar com esses estudantes, futuros profissionais da área da cultura e do entretenimento, como funciona a realização de grandes eventos na cidade, as potencialidades econômicas e culturais, a relação com os patrocinadores, fornecedores, artistas e público.

Além disso, membros da Fundação José Augusto (FJA) e Fundação Capitania das Artes (Funcartes), órgãos ligados à pasta de cultura no Estado e Município, respectivamente, explicaram como funciona os editais de Lei de Incentivo à Cultura.

O evento busca lançar os novos talentos musicais do país tendo revelado nomes como  Pitty, Ana Cañas e Detonautas. Além disso, ele ficou conhecido por apresentar diversas bandas locais e algumas que estão fazendo sucesso nacionalmente, como Far From Alaska e Plutão Já Foi Planeta, que ficou na segunda colocação do “Superstar”, reality show da Rede Globo.

Sobre o assunto, Jomardo comemora pelo fato de finalmente as bandas potiguares estão sendo vistas não só por outros estados, mas pelo público da terra e é um momento ideal para incentivar os jovens a continuar com esse crescimento.

“A gente está passando por um momento único na cena musical do Rio Grande do Norte. As bandas do Rio Grande do Norte estão conquistando o país e precisamos utilizar esse momento para consolidar mais. Por isso, a gente tem que fazer iniciativas nas escolas públicas e privadas para que eles comecem acompanhar a cena potiguar”, comentou.

Durante as visitas as escolas, os alunos vão receber debates, pocket shows e uma aula-espetáculo sobre a música potiguar e o que está sendo produzido. O diálogo entre artistas e público terá como foco os estudantes do ensino fundamental (anos finais) e do ensino médio. Esses encontros dos estudantes dessa faixa etária acontecerão em agosto, período que retorna as férias escolares.

“Todas as escolas querem que esta ação do Mada, isto é o resultado da ação que está acontecendo com o cenário da música potiguar. No próximo ano quero fazer em todas as escolas de Natal, quase um outro festival (risos)”, garantiu Jomas.

Além do IFRN, a organização do projeto já confirmou encontros também na Escola Estadual Professor Francisco Ivo, Cei Zona Sul, Cei Mirassol e Salesiano São José.  “Agora a ideia é que fomente esta cena e fazer com que as pessoas tenham coragem de criar a sua própria banda”, finalizou.

Sobre o festival

Este ano, o Mada comemora 18 anos e já anunciou as primeiras atrações confirmadas para esta edição. A banda Planet Hemp, os rappers Emicida e Rael, os cantores Jaloo, Liniker, além das bandas potiguares Plutão Já Foi Planeta, Caboclas MCs e Luiz Gadelha e os Suculentos já foram confirmados.

Eventos paralelos como feira do vinil, mostra de videoclipes, Feira Mix e outros serão anunciados em breve. O Mada vai acontecer nos dias 23 e 24 de setembro.


Sobre Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!