Haverá uma interveção artística no Hospital João Machado

Compartilhe:

O João Machado é o maior hospital psiquiátrico do Rio Grande do Norte e recebe urgências de todo o estado. Foi inaugurado no ano de 1957, com a presença do presidente Juscelino Kubitschek. A linha de tratamento atual obedece a lei 10.216, criada no ano de 2001. Apesar do atendimento psiquiátrico ter mudado ao longo do tempo, as pessoas ainda olham com preconceito os pacientes daquela unidade de saúde. Inicialmente, o local ficava numa região distante da cidade para receber pessoas considerada “loucas”.

Sim, antigamente, o tratamento era parecido com o que são vistos em filmes sobre hospícios, como “O Estranho no Ninho”. Com essa lei, citada acima, o tratamento é um pouco mais humanizado e ficou definido que a principal finalidade do tratamento será a reinserção social do paciente.

O João Machado conta com 160 leitos, onde 140 são de pacientes que ficam internados entre 18 e 30 dias. O restante são de pessoas que moram no local e foram abandonadas pelos familiares.

Sabendo de que muitas pessoas não possuem alguma forma de se divertir e que muita gente tem preconceito com o hospital psiquiátrico, o cruor Arte Contemporânea convida a população natalense para participar da atividade “(Lou)Cura-se!”.

Cartaz do evento
Cartaz do evento

A intenção do grupo é fazer com que as pessoas tenham o contato com as pessoas e o interior do hospital. “Venha, venha mesmo viver essa história conosco e decifrar em gestos e movimentos as palavras contidas”, disse um dos integrantes do grupo Cruor na página do evento, que acontecerá no dia 23 de julho.

Performance faz parte de uma instauração cênica prática de pesquisa de Mestrado dos alunos do Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Então, eles realizarão um cortejo com atuação e música com 21 atores em vários pontos do hospital, como a entrada, corredor do pavilhão masculino e feminino, árvores, farmácias, auditório e em todos os lugares do hospital psiquiátrico.

O (Lou)cure-se tem direção geral de Magno Pires e direção artística de Nara Salles. No cartaz diz que serão 10 pessoas por sessão.

Para saber mais, clique neste link.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!