Doem absorventes para as moradoras de rua

Compartilhe:

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Natal possui 425.792 mulheres residentes na cidade. Porém,  muitas vivem nas ruas da cidade, nos quais muitas não possuem acesso às condições básicas de saúde, comida, higiene e dentre outras coisas.

Biologicamente falando, nós abemos que as mulheres passam por algumas coisas que os homens não passam. Sim, estou falando de menstruação. Como fazem essas mulheres nesses momentos?  Vale lembrar que elas não possuem grana para comprar um anticoncepcional para interromper o ciclo menstrual. Sabia que a vida das mulheres em situação de rua pode ser bastante dificultada durante o período mensal da menstruação?  O que elas fazem para substituir o absorvente ou coletor menstrual?

Uma estudante de mestrado de Ciências Políticas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) desenvolveu o projeto “Ciclo“, cuja intenção é garantir as mulheres em situação de rua em Natal a continuarem as suas vidas durante o ciclo menstrual. Por isso, elas estão arrecadando pacotes de absorventes de qualquer marca, tamanho ou modelo e distribuí-los entre essas mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade agregada.

“Aquelas que não tem acesso aos materiais de higiene necessário, precisam improvisar de diversas maneiras, o que acaba comprometendo sua mobilidade, participação social e até mesmo a sua saúde (por uso de panos não descartáveis e não esterilizados)”, comentou a página do projeto.

Como faz para doar esses absorventes? Visitando o grêmio das unidades dos IFRNs das Rocas, Cidade Alta e Central (fica em frente ao Midway Mall). Além disso, elas pedem a doação de roupas íntimas e material de higiene pessoal para essas mulheres.

13494829_921280391327706_8530144967505299596_n

Além dos grêmios dos IFRNs, o projeto também conta com o apoio do Coletivo M.I.G.A – Mulheres Independentes por uma Geração Autônoma.

E, aí, vamos ajudar? Você tem um local fixo disponível e quer virar parceiro do projeto? Entre em contato através da página ou do e-mail projetociclorn@gmail.com. As mulheres de ruas agradecem.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!