Por que as pessoas estão colocando a foto das mães no Face?

Compartilhe:

Neste próximo domingo (8) será o Dia das Mães e durante esta semana muitos usuários do Facebook estão colocando a foto de suas progenitoras e colocando esta seguinte imagem que será mostrada a seguir:

20160506194344SbfpyW9eOc

Uma ferramenta especial na rede social permite, ainda, acrescentar um adesivo, com a frase: “I love Mom”, no qual em português significa “Eu amo a Mamãe”. Mas o que significa isso? É só uma homenagem às mamães? Poucas, entretanto, pessoas sabem a causa que está por trás dessas homenagens às mamães.

A ação faz parte de uma campanha da ONG norte-americana Susan G. Komen, que luta contra o câncer de mama. A organização foi fundada em 1982 e fica em Dallas, no Texas (Estados Unidos). Com o adesivo no Facebook, a instituição pretende conscientizar as mulheres sobre a doença e também angariar fundos em prol de suas ações.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, a população geral tem cerca de 10 a 12% de chances de ter a doença. Geralmente, o câncer de mama é causado por motivos genéticos. Ou seja, histórico familiar, que resulta em 5 a 10% dos casos. A chance de cura é grande quando o tumor é descoberto precocemente, mas o tratamento costuma abalar a autoestima das pacientes, pois é preciso remover cirurgicamente parte ou totalmente os seios.

Entre os sinais de cancro da mama estão o aparecimento de um nódulo na mama ou perto da mama na zona da axila; alterações na forma ou na aparência da mama.  Em pessoas com a doença disseminada, pode também verificar-se dor óssea, gânglios linfáticos inchados, falta de ar e icterícia.

São vários tratamentos desde remédios via oral até a quimioterapia ou radioterapia.  Algumas vezes as mulheres devem retirar os seios por meio de cirurgia. Para se prevenir é só fazer o autoexame e ir ao médico periodicamente.

Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção em homens e mulheres é de 1:100 – ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!