Ajude o coletivo de rap a produzir seu primeiro disco

Compartilhe:

Já ouviu Alquimia? Time de Patrão? Sabia que tem bandas legais de rap no RN? Achava que era só na região Sudeste, não é? Está na hora de ouvir um pouco rap potiguar, visto que uma campanha de financiamento coletivo que irá beneficiar mais de 50 artistas potiguares. O coletivo “A Esquina do Rap” é uma iniciativa – organizada por produtores e artistas – que tem como objetivo o registro, a valorização e a difusão do rap potiguar. A campanha, feita através de um site de financiamento coletivo, deve durar por dois meses.

O público é bem limitado; menos ainda quando se trata dos artistas locais, poucas pessoas conhecem os artistas que fazem a música vinda da rua.  Por isso, os artistas locais não possuem o apoio que precisam e devem ter, em relação à cachês, editais, apoios etc.

Confira alguns sons do rap potiguar nesta página do Soundcloud.

Nós falamos de algumas bandas de rap da cidade a partir deste link. Eles divulgam seus trabalhos a partir de festivais e através das redes sociais.

Um vídeo que pode contar um pouco sobre o projeto pode ser visto a seguir:

A campanha solicita seis mil reais de apoio e as pessoas podem doar de R$10 à R$400. Todos os valores tem recompensa ao doador. Será realizado gravação de 15 músicas em estúdio profissional, sendo que cada música será gravada por um artista diferente, criação do CD coletânea, além de um site sobre o rap potiguar.

A intenção é unir os artistas das quatro zonas urbanas da capital potiguar. Serão distribuídas mil cópias deste álbum.

Uma das recompensas é o CD e o ingresso para o lançamento da festa de CD, que está previsto para acontecer em agosto deste ano. Para quem mora fora da capital potiguar, eles enviam via correios para a sua residência.


Sobre Lara Paiva
Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Comentários no Facebook

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Breche Também

error: Content is protected !!